domingo, 14 de julho de 2013

Divina Misericórdia Devoção da Irmã Faustina é algo para ser evitado



Irmã Faustina Kowalski e a imagem de sua devoção a Divina Misericórdia
Ao longo dos anos nós tínhamos ouvido opiniões diferentes sobre a devoção a Divina Misericórdia, mas nós não sabiamos exatamente o que pensar sobre isso. O fato é que, em 1950, a devoção a Divina Misericórdia
foi suprimida e diário da Irmã Faustina foi sobre o índice de livros proibidos. Foi só reabilitado em todo o mundo por João Paulo II depois do Concílio Vaticano II. Além disso, algo que nos preocupou foi que ele parecia ser popular entre os carismáticos "católicos", e que parecia ser utilizado como um substituto para o terço. Algum tempo atrás um de nós decidiu rapidamente
percorrer os mais de 600 páginas livro Misericórdia Divina na minha alma Diário da Irmã Faustina Kowalski. Abaixo estão apenas algumas coisas estranhas que foram encontrados nessa investigação que são suficiente para nos convencer de que esta "devoção" é algo a ser evitado.
                                                                                   ...
Na página 23 do livro Divina Misericórdia em minha alma (O Diário de Irmã Faustina), ele diz: "... e o anfitrião saiu da tenda e foi parar em minhas mãos e eu, com alegria, colocou-o de volta no tabernáculo. Isso foi repetido uma segunda vez, e eu fiz o mesmo coisa. Apesar disso, o que aconteceu pela terceira vez ... "


Na página 89 do livro da Divina Misericórdia em minha alma, ele diz: "Quando o padre se aproximou de mim novamente, eu levantei o hóstia para ele colocar de volta no cálice, porque quando eu tinha primeiro recebeu Jesus eu não podia falar antes de consumir o anfitrião, e por isso não poderia dizer-lhe que o outro hóstia tinha caído. Mas enquanto eu estava segurando o hóstia na minha mão, eu me senti como um poder de amor que para o resto do dia eu não conseguia nem comer nem vir para os meus sentidos. Eu
ouviu estas palavras da hóstia: eu desejava descansar em suas mãos, não só no seu coração".


Na página 168, diz: "No momento em que eu me ajoelhei para riscar a minha vontade, como o Senhor tinha manda-me fazer, eu ouvi essa voz na minha alma: De agora em diante, não tenha medo do julgamento de Deus, pois você não será julgado. "

(De 04 de fevereiro de 1935)


Na página 176, "Jesus", diz a ela: "Você é uma uva doce e um grupo escolhido, quero outros a ter uma participação no suco que está fluindo dentro de você ".


Na página 191, "Jesus", diz-lhe: "Por sua causa eu vou reter a mão que
pune, por sua causa eu vou abençoar a Terra ".


(Consulte também a página 378.)
Na página 247, "Jesus" diz: "E sei que este, também, minha filha: Todas as criaturas, se eles sabem disso ou não, e se querem ou não, sempre cumprir a minha vontade ... O minha filha, se você quiser, eu vou neste instante criar um mundo novo, mais bonito do que este, e você vai viver lá para o resto de sua vida. "

Na página 260, "Jesus" diz: "Para muitas almas vai voltar dos portões do inferno e adorar Minha misericórdia. "


Na página 374, "Jesus" diz: "Se eles não vão adorar Minha misericórdia, perecerão por toda a eternidade. "


Na página 382, "Jesus" diz: "Eu desejo que a Minha misericórdia seja adorada."


Na página 288, "Jesus" diz: "É por isso que estou me unindo com você tão intimamente como com nenhuma outra criatura. "


Na página 400, "Jesus" diz: "Eu vejo o seu amor tão puro, mais puro do que a dos anjos, e todos tanto mais porque você continuar lutando. Para o seu bem eu abençoar o mundo. "


Na página 417, lemos que "Jesus" supostamente deu Irmã Faustina esta instrução: "Diga Superior Geral para contar com você como a filha mais fiel na Ordem. "


Na página 583, lemos que Irmã Faustina disse: "Quando eu levei o Mensageiro do Sagrado Coração na minha mão e ler o relato da canonização de Santo André Bobola, minha alma encheu-se instantaneamente com um grande desejo de que a nossa congregação, também, pode ter um
santo e chorei como uma criança que não era nenhum santo em nosso meio. E eu disse ao Senhor, eu sei que a sua generosidade, e ainda assim parece-me que você é menos generosa para nós. E comecei outra vez a chorar como uma criança. E o Senhor Jesus me disse: 'Não
chorar. Você é o santo. "


Na página 602, lemos que "Jesus" teria dito: "Eu não posso suportá-los, porque eles não são nem boas nem más. "


Na página 612, lemos que "Jesus" teria dito: "eu carrego um amor especial para a Polónia, e se ela for obediente à Minha vontade, vou exaltar o seu poder e em santidade. Dela sairá a centelha que preparará o mundo para a Minha última vinda ".


Na página 643, lemos que Irmã Faustina disse depois de receber a Comunhão: "Jesus me transformar em outro hóstia ... Você é um grande e todo-poderoso Senhor;! você pode conceder me esse favor. E o Senhor me respondeu: 'Você é um hospedeiro vivo. "


Em 208 páginas, aprendemos que "Jesus" supostamente disse à Irmã Faustina sobre o novo Divino Devoção Misericórdia e supostamente instruído a ela que deve ser rezado nas contas do Rosário: "Esta oração [o culto da Divina Misericórdia] servirá para aplacar a minha ira à você.

Vai recitá-lo durante nove dias, nas contas do Rosário, da seguinte forma: Em primeiro lugar
tudo, você vai dizer um Pai Nosso e Ave Maria eo Creio em Deus. Em seguida, na

Nosso Pai contas você vai dizer as seguintes palavras: 'Eterno Pai eu ofereço-lhe o corpo e Sangue, Alma e Divindade de seu Filho muito amado, Nosso Senhor Jesus Cristo, expiação dos nossos pecados e os de todo o mundo. "Na Ave Maria, contas você vai dizer as seguintes palavras: "Por causa de Sua dolorosa Paixão tende misericórdia de nós de todo o mundo. " Em conclusão, três vezes você vai recitar estas palavras: "Deus Santo, Santo Forte, Deus Imortal, tende piedade de nós e do mundo inteiro. "

(Sábado, 14 de setembro, 1935)
                                                                             
                                                                                   ...

As afirmações anteriores apresentam uma série de problemas. O primeiro problema é a promoção da Comunhão na mão, o que é, supostamente, endossado por Nosso Senhor. O anfitrião voa em seu mão inúmeras vezes, Nosso Senhor supostamente diz que Ele deseja para descansar em suas mãos. Nós
acreditamos que isso é uma armadilha diabólica para obter a Comunhão na mão aceito intelectualmente com antecedência pelo Conc. Vaticano II.

Em segundo lugar, vemos louvor desnecessário acumulado sobre esta irmã. Vemos as coisas disse a ela supostamente por Nosso Senhor que não promoveria a humildade, mas a vaidade - que é basicamente a melhor coisa
para o mundo. Nós não acreditamos que Nosso Senhor jamais iria instruí-la para dizer-lhe superior, que ela é a filha mais fiel na Ordem. Nosso Senhor poderia ter dito a uma coisa tão superior, se ele queria conhecer.

Em terceiro lugar, vemos que Irmã Faustina é contada aquela centelha de Deus - que irá preparar o mundo para a Sua segunda Vinda - sai da Polónia! Isto foi interpretado como significando que os escolhidos de Deus foi a pessoa de João Paulo II, que era da Polônia! Como sabemos que João Paulo II foi um mal Papa,  que endossou as falsas religiões do mundo, isso nos mostra
mais uma vez que as revelações de Irmã Faustina eram do Diabo. Na verdade, ela nos mostra o quanto o Diabo queria sustentar suporte para João Paulo II.

Em quarto lugar, a devoção a Divina Misericórdia é centrada em torno de misericórdia no momento em que a humanidade era
chegando mais perto e mais perto de ter enchido a taça da justiça divina. O problema em que o tempo, e hoje, claro, era que os homens não temem a Deus e continuou a ofendê-lo. Precisavam a conhecer a Sua justiça. Mas a devoção a Divina Misericórdia foi o perfeito falsa devoção e mensagem para fazer as pessoas acreditarem que eles vão receber a misericórdia de Deus, mesmo se eles permanecer em seus pecados; ainda instrui as pessoas a "adorar" Sua misericórdia. 

Em quinto lugar, e talvez o mais importante, que Deus iria revelar uma nova devoção a ser dito sobre as contas do Rosário logo depois que a Virgem Imaculada Maria veio a Fátima para fazer um milagre profundo para revelar, entre
outras coisas, a necessidade do Rosário? A direção específica dada a Irmã Faustina para o Devoção a Divina Misericórdia para ser rezado nas contas do Rosário é, claramente, e cremos que é do Diabo, substituir o Rosário. E temos visto que costumava assim com tantas almas. A Divina Misericórdia o é uma falsificação inteligente que, sendo tradicional em muitos aspectos, serve o
propósito do diabo para conseguir  contra-devoção inserido círculos de mentalidade conservadora, que o diabo vai usá-lo como um substituto para o Rosário.

Todas essas coisas consideradas, a devoção a Divina Misericórdia é algo que deve ser evitado pelos católicos. Os católicos devem dizer um rosário extra ou as Estações da Cruz em seu lugar.


Notas para a Seção 41:
Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, Stockbridge, MA: Marian Press, 1987, p. 23.
2Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 89.
3Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 168.
4Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 176.
5Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 191.
6Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 247.
7Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 260.
8Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 347.
9Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 382.
10Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 288.
11Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. De 400.
12Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 417.
13Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 583.
14Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 602.
15Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 612.
16Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 643.
17Misericórdia Divina em minha alma, O Diário de Irmã Faustina, p. 208
tan.html

......................................

Outros texto que denuncia está falsa devoção



A primeira "misericórdia" devoção "a grande obra de misericórdia"


Foi iniciado por uma mulher chamada Feliska Kozlowska de Plock, na Polónia, que alegou estar recebendo revelações do céu -. Kozłowska. Em 1893, também conhecido pelo seu nome convento "Maria Francisca", teve sua primeira "visão" fundou o novo movimento religioso de "Mariavitism" e um sacerdócio Mariavite em 02 de agosto de 1893.

Várias visões de Kozłowska entre 1893 e 1918 foram reunidos em 1922 no volume intitulado Dzieło Wielkiego Miłosierdzia (A Obra de Misericórdia). Os próprios Marivites, hoje, chamamos esse trabalho "O trabalho da misericórdia divina revelada ao feliz Marie-Francoise Kozlowska".

Este livro é a fonte religiosa mais importante para os mariavitas ao lado da Bíblia. Em sua "revelação", Kozłowska recebido uma ordem para lutar com o declínio moral do mundo, especialmente com os pecados do clero.

Em sua primeira visão, ela foi informada de organizar a ordem dos mariavitas. O objetivo desta ordem é promover a renovação da vida espiritual do clero. Eles promoveram pius age como o objetivo era importante para difundir a adoração perpétua do Santíssimo Sacramento e o culto do Perpétuo Socorro da Bem-aventurada Virgem Maria.

Em sua vida cotidiana, o clero voltou à tradição Franciscian de uma vida ascética: o jejum, a modéstia e simplicidade nas roupas e na vida. Eles recomendaram a confissão frequente e comunhão para o povo.

Isso tudo parecia bom para os católicos, mas era as agendas escondidas sendo
promovido, que alertou a Igreja para agir e condenar toda a farsa. O objetivo dessa falsa devoção foi, liberalizar a Igreja Católica e promover doutrinas anteriormente condenados, sob o pretexto de ser o desejo do céu.


Jan Maria Kowalska, foi nomeado o ministro geral dos mariavitas, e foi, em seguida, a pessoa mais importante do movimento e ganhando um grande número de seguidores.


Eles apresentaram o caso ao recém-eleito papa Pio X. Em junho 1904 uma outra delegação viajou a Roma para expressar à Cúria Romana a importância da missão de sua ordem.

Em dezembro de 1906, a Igreja excomungou Kozłowska e Jan Maria Michael Kowalski, bem como todos aqueles que optaram por segui-los. O Papa Pio X entrou em ação e escreveu TRIBUS CIRCITER uma Encíclica sobre as Marivates ou sacerdotes místicos da Polônia. Nela, ele escreve;


"Para uma certa mulher, a quem proclamou a ser mais santo, maravilhosamente dotado de dons celestiais, divinamente esclarecidos sobre muitas coisas, e providencialmente entregues para a salvação de um mundo prestes a perecer, que não hesitou em entregar-se sem reservas, e obedecer a todos os seus desejos
Baseando-se em um suposto mandato de Deus, puseram-se a promover, sem discriminação, e por sua própria iniciativa entre as pessoas exercícios frequentes de piedade (altamente louvável quando corretamente realizado), especialmente a adoração do Santíssimo Sacramento e a prática da comunhão freqüente, mas, ao mesmo tempo em que fez as acusações mais graves contra todos os padres e bispos que se aventuraram para expressar qualquer dúvida sobre a santidade divina e eleição da mulher, ou mostrou qualquer hostilidade para com a sociedade dos mariavitas ".
Dispite Papas condenação, passaram a configurar Jan Kowalska como bispo apesar de terem sido excomungado e não tinha nenhuma missão.
As autoridades russas reconheceram o movimento Mariavite como uma "seita tolerada", em novembro 1906.In 1906, havia cerca de 50-60.000 mariavitas em 16 paróquias. Cinco anos depois, fontes históricas mencionam o número de 160.000 fiéis.


A organização da comunidade Mariavite lembra um pouco as comunidades protestantes, onde cada membro tem o direito de falar sobre os problemas.
Mariavitas não eram somente ativo por motivos religiosos, mas eles operavam muitas atividades culturais, educacionais e sociais. Eles logo foram organizando escolas, creches, bibliotecas, cozinhas para os pobres, lojas, casas de impressão, asilos, orfanatos e fábricas. Em 1911, eles terminaram a principal igreja em Plock chamado de "Santuário da Misericórdia e caridade" Eles também compraram 5 km ² de terra perto de Plock, que deram o nome de Felicjanow após Kozłowska. Desde 1906, eles praticavam a liturgia em língua vernácula, ou polonês, e não em latim.
Como Nosso Senhor disse:
"Pelos seus frutos os conhecereis".

PARTE 2: O objetivo principal Mariavite era o objetivo a comunista unir todas as religiões em uma grande falsa unidade com o objetivo de fazer uso da religião, de modo que quando quebrou todas as suas diferenças religiosas, então esse fato levaria a finalmente negar Deus. Felicjanow escreveu: "É o amor que vai ligar todos nós!" (Trabalho da infinita misericórdia, página 68)

Os mariavitas promove coisas como:
Ecumenismo;

A possibilidade de um sacerdote de estar casado (1922-1924);

A comunhão sob as duas espécies (1922);

O sacerdócio de mulheres (e Bispado);

O conceito protestante do sacerdócio do povo de Deus (1930);

Comunhão imediato das crianças batizadas recém-nascidos (1930);

A remoção dos títulos eclesiásticos (1930);

A supressão das prerrogativas do clero (1930);

A simplificação das cerimônias litúrgicas e as regras da Quaresma (1931-1933), e
A redução do jejum eucarístico ".

(Eles são líderes do movimento ecumênico e membros do WWC ("Conselho Mundial de Igrejas"), uma união que a Igreja Católica manteve-se distante de porque era o objetivo do movimento anti cristã para trazer tudo em uma falsa unidade. Caso Cristo só fundou uma Igreja, então seria uma rejeição completa de Cristo para participar.

Maus frutos foram de emissão dessa seita.

Arcebispo "Kowalski teve que comparecer diante do tribunal em 20 casos, ele foi acusado de blasfemar contra Deus, a Bíblia, a Igreja e os Sacramentos, a traição do país (traição implícita), de socialismo, comunismo, roubo, fraudes , mentiras, etc No processo mais importante, ele foi acusado de abusos sexuais ocorridos no claustro Plock. Em 1931, ele foi considerado culpado e, finalmente, enviado por dois anos para prisão entre 1936 e 1938. A imprensa publicou artigos exigentes a criminalização da Igreja Mariavite.

Na época Felicjanow foi chamado de diabo encarnado.

Mesmo excomungado, eles ainda continuaram a agir como se fossem parte da Igreja Católica.

O sucessor de Jan Kowalska era sua esposa, Izabela Wilucka, que era conhecido como "Bispo". Hoje eles têm as mulheres "bispos".

Em 1919 eles mudaram oficialmente o nome do grupo para a Velha Igreja Católica dos mariavitas.
Helena Kowalska (Irmã Faustina) entrou no convento em Plock, 30 de abril de 1926, apenas 5 anos após a morte do primeiro "visionário" de Plock.Em seguida, vieram as supostas revelações, surpreendentemente similar ao primeiro Kozlowska.


O diário não foi encontrado para estar na caligrafia da irmã Faustina. Em seu diário observa que pouco antes ela entrou para o convento suas "visões", começou. Ela estava em um baile! "Quando comecei a dançar, de repente vi Jesus a meu lado, Jesus dilacerado pela dor, despojado de suas vestes, todo coberto de chagas, que falou estas palavras para mim:. Quanto tempo devo colocar-se com você e quanto tempo você manter a colocar-me fora? "


Para testar a autenticidade de uma forma de revelação, é fundamental que não pode haver erros nas mensagens, e se há alguma coisa de interesse, contraditória, então a devoção devem ser evitadas como o diabo é capaz de enganar "até mesmo os eleitos ". Houve várias ocasiões, quando o diabo tentou dar falsas mensagens para destruir o ensinamento da Igreja. Embora se saiba que o objectivo do fundador Mariavite era liberalizar a Igreja, o diabo foi a fonte de inspiração, devido à forma como a devoção desviou tradição formulário. Nosso Senhor disse: "O que você tem se apegam, para que ninguém tome a tua coroa" e São Paulo avisou que, mesmo se um apóstolo ensinar uma doutrina diferente "Que ele seja anátema".

Vamos dar uma olhada no que essa nova devoção de Plock estava tentando promover:

Na página 23 do livro Divina Misericórdia em minha alma
(O Diário de Irmã Faustina), ele diz: "... e o anfitrião saiu da tenda e foi parar em minhas mãos e eu, com alegria, colocou-o de volta no tabernáculo. Isso foi repetido uma segunda vez, e eu fiz a mesma coisa. Apesar disso, o que aconteceu pela terceira vez ... "(a Comunhão na mão estava condenado e só foi permitido pela Igreja protestante)
Junto com uma série de Papas que condenou a prática com guidence do Espírito Santo, bem documentado, não há maior autoridade do que São Tomás de Aquino, um dos Doutores da Igreja escreveu um tratado sobre a Eucaristia.

São Tomás orou pedindo orientação do Espírito Santo, antes de escrever. O santo escreveu estas palavras, porque o sacerdote é o intermediário designado entre Deus e as pessoas, por isso, uma vez que pertence a ele para oferecer dons do povo a Deus, por isso pertence a ele para entregar os presentes consagrados ao povo.
Em terceiro lugar, porque fora de reverência para com este sacramento [Santíssimo Sacramento], nada de toques, mas o que está consagrado, por isso o corporal e o cálice são consagrados, e da mesma forma as mãos do sacerdote, para tocar este sacramento. Por isso, não é lícito a ninguém para tocá-lo, exceto por necessidade, por exemplo, se ele caísse sobre a terra, ou então em algum outro caso de urgência "
O diário de Faustina diz: "Eu ouvi estas palavras do hóstia:. Que eu desejava para descansar em suas mãos, não só em seu coração"
Contas estranhas também estavam no diário de como ela disse que Jesus tinha tentado lhe o que é mais uma característica do diabo, quando ele levou Cristo a uma alta montanha e lhe ofereceu todas as nações se Ele seria apenas curvar-se e adorá-lo. Quando Cristo disse aos Seus apóstolos não ser do mundo seria, em seguida, faz o sentido que Ele iria oferecer para criar um novo mundo simplesmente se Faustina queria?


Nós sabemos que os comunistas têm tentado obter a nova ordem mundial, unindo todas as religiões e dissolvendo assim Cristos única verdadeira Igreja, desde muito antes de Faustina por isso só seria tornar real a visão se as visões eram realmente o diabo sob a aparência de Jesus.

Então Jesus deve pedir para a adoração de uma imagem. Os católicos sabem que isso não é permitido no catolicismo e não estátuas ou imagens Igreja está destinado a ser o objeto de adoração. Jesus diz: Desejo que esta imagem seja venerada, pela primeira vez em sua capela, e depois em todo o mundo "


PARTE 4: Na página 374, "Jesus" diz: "Se eles não vão adorar Minha misericórdia, perecerão por toda a eternidade." (Em outras palavras, os Sacramentos da Igreja e seu dever diário como uma católica não irá ajudá-lo !) Como pode alguém adorar a misericórdia? Não faz sentido! Na página 382, "Jesus" diz: "Eu desejo que a Minha misericórdia ser adorado." Na confusão, esperando a misericórdia, que deve ser adorado, tem levado a muitos católicos de hoje adorando imagens grandes em uma capela de uma imagem que foi declarado uma falsa devoção pela Igreja!
Na página 583 - Jesus diz Faustina ela é um santo mas nunca disse qualquer um de seus outros santos isso. Nem mesmo os seus apóstolos.! "Eu disse ao Senhor:" Eu sei que sua generosidade, e ainda assim parece-me que você é menos generosa para conosco. "E eu comecei novamente a chorar como uma criança. Então o Senhor Jesus disse para mim. Você é o santo.Então ele diz Faustina para se orgulhar de ser a melhor freira!

Página 417 "Diga ao Superior Geral para contar com você como a filha mais fiel na Ordem." No entanto, Nosso Senhor nos fala na Sagrada Escritura para nos humilhar?

Jesus supostamente diz, "dar a conhecer às almas a grande misericórdia que eu tenho para eles" No entanto, isso vai totalmente contra a necessidade de a Igreja fundada por Cristo. Será que Cristo disse que as portas do inferno não prevalecerão contra a Igreja e se Ele vai dar uma freira de um novo caminho para a salvação?

É promotores escrever-"O que é tão especial sobre este novo Festa da Divina Misericórdia que você pode estar se perguntando? É a promessa do perdão total de todos os pecados e punição para qualquer alma que se confessar e receber Jesus na Sagrada Comunhão nessa festa muito especial da Divina Misericórdia!

"Esta nova devoção, é falsamente dizendo às pessoas que já não !. precisa confissões constantes como este perdão será concedido um dia especial Infelizmente, isso contradiz a necessidade de Confessions contínuas e toca muito jogo Lúcia de Fátima disse que o diabo iria jogar a Irmã Lúcia em uma entrevista em 1957, disse o pai Agostinho Fuentes;

"O diabo faz de tudo para superar as almas consagradas a Deus, pois desta forma
o diabo vai conseguir deixar as almas dos fiéis abandonados por seus líderes, assim, mais facilmente ele vai aproveitá-las. O diabo quer tomar posse de
almas consagradas. Tenta corrompê-las para adormecer as almas dos leigos e, assim, levá-los à impenitência final "

Há também o fato de se preocupar que você está convidado a dizer orações diferentes nas contas do rosário.

Este era levar as pessoas de que a devoção. O diabo sempre tentou levar as pessoas longe do Rosário.

Outras frases estranhas utilizados no diário: a visão, diz, eu estou me unindo com você tão intimamente como com nenhuma outra criatura. P.22

P.643 Faustina diz: "Jesus me transformar em outra hóstia....! Você é um grande e todo-poderoso Senhor, você pode me conceder este favor. E o Senhor me respondeu: 'Você é um hospedeiro vivo.' (?)


PARTE 5: O Papa São Pio X disse que "a marca distintiva do Anticristo, o homem tem com temeridade infinito colocar-se no lugar de Deus" Maçonaria acha que tudo pode tornar-se como Deus. É estranho para uma freira católica que ser quer ser transformado em uma série conhecer a Deus está contido na hóstia. Por que você se atreve a pedir a Deus para ser igual a ele?


Na página 602, lemos que "Jesus" teria dito: "Eu não posso suportá-los, porque eles não são nem boas nem más." No entanto, a visão contradiz isso e diz: "Hoje traze-Me as almas que se tornaram mornos, * e mergulhe -as no abismo da Minha misericórdia "Então, o que Jesus realmente diz? Ele disse que nas Escrituras, mas porque és morno, e não és frio, nem quente, vou começar a vomitar-te da minha boca.


A devoção foi condenado pela Santa Sé.

Havia dois decretos de Roma, sobre esta questão, tanto do tempo do Papa João XXIII. A Suprema Congregação do Santo Ofício, em reunião plenária realizada em 19 de novembro de 1958, tomou as seguintes decisões:

A natureza sobrenatural das revelações feitas à Irmã Faustina não é evidente.

Sem festa da Divina Misericórdia deve ser instituído.

É proibida a divulgação de imagens e escritos que propagam esta devoção sob a forma recebida pela Irmã Faustina.

O segundo decreto do Santo Ofício foi em 6 de março de 1959, em que foi estabelecido o seguinte:

A difusão de imagens e textos que promovem a devoção à Divina Misericórdia sob a forma proposta pelo mesmo Irmã Faustina era proibido.


A prudência dos bispos é julgar quanto à remoção das imagens referidas que já são exibidos para honra público.

Voltar para o mariavitas ou a "Igreja Católica Velha", como a seita deseja ser conhecido, embora eles não têm nenhuma missão apostólica, eles postaram em seu blog de notícias católica velha website:

"Durante cinco anos, a Velha Igreja Católica, em Karlsruhe, é o anfitrião dos chamados" serviços queer "que são realizadas a cada dois meses na Velha Igreja Católica da Ressurreição. Para marcar o aniversário, Bp. Matthias Anel participou da culto na igreja. "
(Eu acho que não tem que comentar sobre isso!)

E parece que alguns dos "misericórdia divina» devotos estão agora concordando com os mariavitas heréticas!

Michael "Bispo" Louis Mary Jablonski da seita foi perguntado "como você reagir, vendo os católicos romanos que vêm ao templo para orar misericórdia e amor?" Ele respondeu: "
Não vejo nada de surpreendente nisso. Eles são atraídos pela atmosfera da nossa igreja e sei que Deus é um só."

O fato de que o Papa polonês João Paulo II lutou pela devoção da "Divina Misericórdia", a ser promovido desde que foi banido, deve causar nada, mas a preocupação, especialmente quando tantos católicos agora praticar esta devoção à procura de perdão em um dia especial e estão dizendo orações diferentes em suas contas de rosário!

PARTE 6: O fato de que João Paulo II lutou para o ecumenismo com os mariavitas e também pediu uma do culto, o reverendo Rudnicki para celebrar a Missa Mariavite em sua capela particular é chocante, Isso tudo só mostra onde o "espírito" da Vatcian II ecumenismo levar os fiéis. Hoje, os líderes da Igreja trabalhar duro para ter uma união com a Igreja Mariavite e têm serviços ecumênicos com eles.

A menos que a mensagem de Fátima, a parte que era para ser revealled em 1960 é finalmente ler o mundo, então, uma grande quantidade de católicos perecerão, especialmente sendo enganar com falsas cooperativas que Nosso Senhor, os apóstolos, os papas e santos até 1958 serão avisados para evitar!

27 comentários:

Anônimo disse...

Tenho o livro e já li, e alguns trechos não condizem com a verdade, e outros, facilmente deturpados, quando lido apenas um trecho!
Santa Faustina, Rogai por nós!

Anônimo disse...

Mau Papa? "Tudo o que tu ligares na Terra, será ligado no Céu. E o que desligares na Terra, será desligado no Céu." Com que autoridade vocês dizem que o Beato João Paulo II foi um mau Papa?
Santa Faustina, rogai por nós!

Anônimo disse...

Vcs são doentes e fanáticos. Iguais os Fariseus da época de Jesus. Uma pessoa poderia agonizar até a morte num dia de sábado porque isso era proibido e Jesus que o homem não foi feito para o sábado, mais o sábado para o homem. Vcs estão iguais, se receber Jesus na mão esse Jesus é diferente daquele que recebeu na boca? Vcs são otários, por isso às vezes muitos católicos viram protestantes por causa dessas tolices

Anônimo disse...

Parei de ler em "Como sabemos que João Paulo II foi um mal Papa"....

Anônimo disse...

vocês não sabem o que dizem e tentam compreender a Infinita Misericórdia de Deus com suas mentes pequenas. Deus não cabe na nossa mente.. Só pela Fé é que acreditamos. Misericórdia de mim, de nós.. de todos nós Senhor.

Anônimo disse...

João Paulo II agora é um santo. Um santo que certamente foi um dos piores papas. Um exemplo: a amizade daquele papa com Marcial Maciel, dos Legionários de Cristo, que impediu que aquele monstro fosse devidamente punido ainda em vida por conta de seus crimes. Tenho certeza de que João Paulo II e Marcial Maciel estão no mesmo lugar hoje em dia, então como podem canonizar João Paulo II? Essa "santa" Faustina não engana ninguém, só a Canção Nova que promove essa herege.

Anônimo disse...

Doentes... Pegam citações do Google Translate? Que coisa mal feita.

Anônimo disse...

Um católico sensato jamais substituirá o Santo Terço tradicional por qualquer outra devoção: ele está profundamente enraizado nas almas dos católicos, sendo uma devoção sempre atual e necessária.

Se alguém reza o Terço da Misericórdia como uma devoção complementar, trata-se de uma atitude louvável.

Quanto aos supostos "erros" de Santa Faustina, cabe ao Magistério da Igreja avaliá-los e apontá-los; e Roma já se manifestou.

Portanto, a causa está encerrada, gostem ou não.

Anônimo disse...

Agora ja ta na hora desse site parar de ser orgulhoso. Tratar com tamanha frieza dois santos da Igreja sendo que um deles foi papa, vocês podem ser tudo oque quiserem menos católicos.

Marília Soeiro disse...

Pelo que parece vocês sim que são da parte do demônio. Só quem não é de Deus que procura distanciar o cristão, da oração, seu grande elo com Deus, pois a fé é manifestada na oração. Aonde já se viu, falar esse monte de baboseiras achando que o povo vai deixar de procurar Deus através desta importante oração que não substitui o rosário, e sim é mais um belo terço que nos leva ao Pai. Já tive inúmeras graças alcançadas confiando na Misericórdia Divina. Vocês mais parecem ser assistentes do demônio, ou gente frustrada, sem embasamento nenhum na fé e que querem a todo custo fundar uma nova religião, ceita, ou sei lá o quê, com um único objetivo: iludir as pessoas, tentando deturpar a fé alheia, tirando, claro, muito proveito disso. Beijinho no ombro!

Melissa Jazmín disse...

Essa grande peituda fode em um ménage safado, três porno stars safadas se divertindo no chuveiro


Lisa Ann e Rachel Starr são muito boas no boquete, Lisa Ann está de volta para uma cena de sodomia pornô


Mega bukkake no gangue-bangue, Morena adolescente em um gangue bangue interracial, Dupla-penetração maluca para uma loira


Porno amador de gostosa dando cu de ladinho, Caroline Brasileira de Osasco engolindo cacete, Chupando cacete do amigo


Esposa vagaba fodendo muito de quatro, Amadora rabuda dando o seu cuzinho apertado, putinha novinha dando pro cunhado


Mãe safada dando para os dois amigos do filho, Filho da puta fodendo a mãe do amigo,Mãe bateu punheta para o filho no banho e chupou


Assistindo: Dona de casa gangbanged por construção sexo anal - Pornô e Sexo, Sexo e putaria em família – vídeos de incesto


Assistindo: Dois paus grande brasileiros em seu ânus juntos - Pornô e Sexo, Mãe chupando a filha novinha virgem de 18 anos


filha pega o celular da mãe e descobre que o pai é corno do tio e que o corno do pai n, Filho fode sua propria mãe enquanto ela dorme


Morena mulher peituda no banheiro comendo pau para cum, Assistir Porno vários bebês dando handjobs até que eles estão cheios de cum


Beber Xixi Peituda Amador online pornographic movie, Bebidas vagabunda homens asiáticos fazer xixi em uma orgia


Sexo proibido com uma estudante no ônibus, Estudantes brasileiros fazendo sexo em publico dentro do ônibus escolar


Sexo a três amador com duas mexicanas anônimas, Modelo mexicana transando com o namorado, O lutador mexicano fode a namorada na bunda

Douglas Pereira disse...

Esse blog não pode ser católico, não mesmo

Lucas Janusckiewicz Coletta disse...

A pessoa que escreveu esta postagem não leu o diário, eu tenho um blog em defesa dos escritos de santa faustina e ele foi proibido no Reinado de João XXIII:

http://devotosdamisericordiadivina.blogspot.com.br/2014/05/proibicao-da-divulgacao-da-divina.html

Anônimo disse...

Boa, concordo 100%

Anônimo disse...

João Paulo II nao é um santo, leia sobre Pe. Luigi Villa que convivia dentro do vaticano com ele e era amigo intimo de São Pe. Pio. João Paulo II ja tirou uma imagem de Nossa Senhora e colocou um buda no lugar pq ia receber budistas. Joao Paulo II fazia parte de um dos maiores grupos socialista comunista do mundo, conversava sempre com maçons de alto grau, defendia a teologia da libertação que faz tanto mal a Igreja Católica, e muito mais coisas, leia sobre Pe. Luigi Villa ele fez um pequeno livro sobre as coisas que João Paulo II fez.
E a irmã Faustina só engana quem é bobo, canção nova que promove essa "santa", santa dos modernistas, não dos católicos de verdade.

Anônimo disse...

Estou completamente complexa com tudo que estou lendo, um exemplo de mulher e esposa fiel de cristo, me expiro na vida que ela teve para seguir o caminho de cristo, estou neste momento me sentindo completamente em paz, não julgado cada palavra que digam, pois os servos do senhor serão perseguidos, mais não vou julgar os pensamentos de vocês, pois somos todos iguais perante o DEUS, somente ele vai te julgar não aqui na terra mais no céu, que senhor possa ter MISERICÓRDIA e infinita compaixão para poder ter o entendimento da sua palavra, que possamos ser servos fiel, igual irmã Faustina se humilhar diante a cristo, pois seremos exaltados, a paz do senhor esteja com todos vocês!

Anônimo disse...

Como as pessoas tem medo de ouvir alguma coisa que soa diferente daquilo que sempre acreditaram. A condenação e a liberação desta devoção está entre dois papas. Não pode os dois estarem certos ou erados ao mesmo tempo e isso é um fato indiscutível. Não condeno vocês do Blog. Sou admirador e divulgador da obra de Irmã Faustina, mas serei o primeiro a repudiá-la, caso venha a constatar que de fato, tudo não passou de uma ilusão, isso, contudo requer muito estudo e discernimento, afinal temos dois períodos na Igreja que se contrapõe sobre a referida devoção. Algumas pessoas que estão comentando deveriam ao menos serem um pouco mais humildes e perguntar a si mesmas porque PIO XII não agiu favoravelmente aos escritos de Irmã Faustina. Ora, se acreditam em João Paulo II, por que também não acreditar em Pio XII e nos decretos do ex Santo Ofício que tinha a anuência dos Papas? Não precisamos brigar entre nós e muito menos ranger os dentes uns contra os outros. Devemos rezar/estudar para que tudo seja esclarecido e isso não é pecado, mas sim, atitude cristã e madura de pessoas que praticam a mesma fé e querem saber a verdade. Cumprimento vocês do Blog, pois tenho a mais absoluta certeza que a intenção de vocês é querer acertar. Também ressalto que a nossa fé independe de acreditar ou nao nesta devoção. Isso não é um dogma. Agora se as pessoas não tem condições de postar comentários construtivos, melhor que não façam, pois neste caso seremos motivos de chacota, tendo em vista que podem nos dizer ironicamente: "olha como eles se amam"....Obrigado pelas mensagens do Blog. Continuem firmes!!!

Anônimo disse...

Quem escreveu isso é um analfabeto, que não sabe interpretar merda nenhuma. Ninguém disse que o rosário seria substituído, Jesus estava ensinando a ela como se reza no terço tradicional Mas hoje em dia existe próprio da misericórdia. Enfim não vou perder meu tempo falando com analfabeto, afinal, não vão entender nada mesmo. SEUS DEMONIOS, BABACAS. Vão se alfabetizar primeiro, aprender a interpretação de texto, depois voces poderão publicar alguma coisa, viu seus otarios.

Anônimo disse...

Ah, e outra coisa!
Se vocês não acreditam nas coisas que a Santa Faustina escreveu, então NAO A OFENDAM, seus filhos da puta!!!

PriRS disse...

Salve Maria!

Você está equivocado, meu caro. Visto que tais informações estão totalmente desatualizadas, sendo assim, impróprias para argumentação.

Segue Notificação publicada pela Santa Sé, em 1978:

CONGREGAÇÃO PARA A DOUTRINA DA FÉ

Notificação sobre a devoção à Divina Misericórdia*


De diversos lugares, especialmente da Polônia, inclusive de fontes autorizadas, têm-nos perguntado se as proibições contidas na “Notificação” da S. Congregação do S. Ofício, publicada em AAS, no ano 1959, 271, referentes à devoção à Divina Misericórdia na forma proposta por Ir. Faustina Kowalska, estão ainda em vigor.

Esta S. Congregação, tendo em vista os muitos documentos originais, desconhecidos em 1959; considerando que as circunstâncias variaram profundamente e contando com o parecer de muitos Ordinários poloneses, declara que as proibições contidas na citada “Notificação” não obrigam doravante.

Na Sede da S. Congregação, 15 de abril de 1978.



+ Franjo Card. Šeper,
Prefeito

+ Fr. Jérôme Hamer, O.P.,
Arcebispo Titular de Lora
Secretário

O que houve foi que em 15 de abril de 1978, o cardeal Karol Wojtyla pede a Santa Sé para retirar a proibição da devoção à Divina Misericórdia, deixando o caminho livre para a abertura da beatificação da Irmã Faustina e para a aprovação do Domingo da Divina Misericórdia.

Em 16 de outubro de 1978, Karol Wojtyla foi eleito Papa e publicou a encíclica Dives in Misericordia, que lançou as bases doutrinárias para o culto da Divina Misericórdia.
O segundo domingo da Páscoa assim passava a ser em toda a Igreja Católica Romana uma solenidade. O título de “Domingo da Divina Misericórdia” se sobressaiu e amplificou o significado do dia.
Em 05 de maio de 2000, a Congregação para o Culto Divino e a Disciplina dos Sacramentos, emitiu um novo decreto, o documento Misericors et Miserator Dominus que instituiu em toda a Igreja o Segundo Domingo de Páscoa ou Domingo da Divina Misericórdia no primeiro domingo depois da Páscoa.
Na terceira edição do Missal Romano, promulgado em 2000, mas publicado apenas em 2002, o domingo se tornou oficialmente: “Segundo Domingo de Páscoa ou Divina Misericórdia”

"Quem não está comigo, está contra mim; e aquele que comigo não colhe, espalha".

Que a Misericórdia Divina inflame sua alma e que Santa Faustina, padroeira da Jornada Mundial da Juventude 2016, na Polônia, juntamente com São João Paulo II, intercedam por vós e pelos nossos pecados, conforme Jesus pediu a ela, pessoalmente.

Miriam disse...

Este blog é uma fraude só serve para perturbar católicos crentes, tem um mau objectivo e diz coisas aberrantes sobre a Divina Misericórdia. Também diz mal de outras instituições, vc deve ser ateu, ou pior ainda! Vc tem a sua mente muito baralhada não tem? Por isso deve querer fazer o mesmo a outros. Tome juízo vc deve ter algum problema, além disso nem sabe falar!

Iviana Cardoso disse...

Se o papa João Paulo II defendia a Teologia da Libertação, por que é que tem um vídeo dele no YouTube com ele dando uma repreensão aos bispos do Brasil ordenando que abandonassem essa teologia da libertação excomungada?!Super nervoso com a adesão a essa teologia mentirosa! Fora outras repreensões a padres pedido a conversão. Portanto, o que afirmas do papa não é verdade.

Iviana Cardoso disse...

Se o papa João Paulo II defendia a Teologia da Libertação, por que é que tem um vídeo dele no YouTube com ele dando uma repreensão aos bispos do Brasil ordenando que abandonassem essa teologia da libertação excomungada?!Super nervoso com a adesão a essa teologia mentirosa! Fora outras repreensões a padres pedido a conversão. Portanto, o que afirmas do papa não é verdade.

Marcos Antonio, Devoto de Padre Pio. disse...

Para todo os efeitos vocês estão mais para uma seita, separada da comunhão da Igreja, quando os pés querem serem mãos, eu sou apaixonado pela missa de sempre, mais também sou mais ainda pela unidade da Igreja, somos mais Católicos quando os leigos se colocam em seus lugares, não querendo tomar o lugar de seus pastores, em vês de orarem por eles vocês provocam divisões como Lutero, se fazendo de bispos e papas, movidos pelo orgulho e a presunção de se acharem mais conhecedores da doutrina de sempre, quando na verdade, não cabe a nos interpreta-la, nem pelas escrituras, nem pelos documentos dos pais da Igreja, e sim o magistério a quem Deus confiou, isto sim é mais Católico, do que aqueles que não aceitam a autoridade dada aos bispos assim como os contemporâneos de que tudo que ligares será ligado na terra, isto também inclui tudo o que desligares e isto explica tudo, e te cales diante disso.

No mais prefiro ser guiado pelo Tomaz de Aquino de nossa época, e pelo Papa Bento XVI, do que vocês, ele em sua ultimas palavras falou do Vaticano II e o elogiou, e disse que o erro não estar nele mais na interpretação dele, João Paulo II se tu falas mau dele, em que sois melhor do que ele, no que em que autoridade em relação a ele, ele foi um santo na terra, lutou contra teologia da libertação, defendeu muitos pontos tradicionais, viveu e morreu pela fé, ele é o terro do demônios e tirou muitos jovens das mãos do diabo.

A Divina misericórdia, é a devoção mais bíblica que se tem noticia, é evidente, que somos salvos por ela, e é evidente que é pelo oferecimento dos sofrimentos de Cristo na Cruz, na contemplação de sua paixão que somos levados aos céus, é evidente que uma oração não elimina a outra, assim como o terço não nos empeça de pratica a leitura dos 150 salmos, e nem orações do livro das indulgências nos separa do terço, mas sim todos eles são tantos remédios para nossa alma que Deus nos envia, não é porque tal pratica foi proibida e Depois permitida que torna ela sem valor, porque quase todos os santos foram perseguidos pela Igreja e silenciados, e nem por isto eles agora canonizados tem menos valor por isto, mais reconhece nisso a santificação deles e a prudência da Igreja.

Já vocês estão em um barco muito perigoso, da fomentação da divisão, da insubordinação, presunção e separados da comunhão da Igreja, que não a vocês mas sim a ela foi garantido a assistência do espirito santo nas questões da fé, prefiro erra com a Igreja no seu pastoreou, do que erra com leigos como se fazendo de magistério criando assim uma divisão, pois se estiveres errado seres julgado e condenado, mas se eu estiver errado por ouvir a Igreja e não ser republicano, e como a parábola que Jesus falou, serão os encarregados pela Igreja que serão condenados, enquanto os que são obrigados a obedecer não serão condenados pelos erros dos que foram confiados o oficio. No mais cuidado e muito cuidado, nestes 2 mil anos quem lutou contra a Igreja nunca venceu, mas aqueles que Deus enviou para ajudar a Igreja a se encontrar com ela sempre usou da humildade e da obediência como foi São Francisco entre outros, nuca iras achar um santo fazendo com a Igreja o que vos hoje faz, mas sempre se submeteram ao magistério dando os frutos do espirito santo. O terço da misericórdia os seus frutos podemos notar, os milagres e testemunhos que os conservam em Deus e no seu amor são vários, a praticar piedosa de observar e medidar na paixão e no amor de Deus é oque se evidencia nesta devoção. Se condenas as palavras ditas no terço da divina misericórdia, iras condenar tantas outras devoções, e terço bizantinos, e tantas outras que repetem as palavras clamando pela misericórdia divina.

No mais veja este vídeo abaixo O maior teólogo e melhor exemplo de um verdadeiro tradicional bento XVI falando sobre o Vaticano II em suas ultimas palavras como Papa, vocês deveriam ouvi-lo, já que se utilizam tanto dele, sejam coerentes com ele e aprendam com quem pode e tem muito a nos ensinar.
https://www.youtube.com/watch?v=903c5JziUhY

Marcos Antonio, Devoto de Padre Pio. disse...

Para todo os efeitos vocês estão mais para uma seita, separada da comunhão da Igreja, quando os pés querem serem mãos, eu sou apaixonado pela missa de sempre, mas também sou mais ainda pela unidade da Igreja, somos mais Católicos quando os leigos se colocam em seus lugares, não querendo tomar o lugar de seus pastores, em vês de orarem por eles vocês provocam divisões como Lutero, se fazendo de bispos e papas, movidos pelo orgulho e a presunção de se acharem mais conhecedores da doutrina de sempre, quando na verdade, não cabe a nos interpreta-la, nem pelas escrituras, nem pelos documentos dos pais da Igreja, e sim o magistério a quem Deus confiou, isto sim é mais Católico, do que aqueles que não aceitam a autoridade dada aos bispos assim como os contemporâneos de que tudo que ligares será ligado na terra, isto também inclui tudo o que desligares e isto explica tudo, e te cales diante disso.

No mais prefiro ser guiado pelo Tomaz de Aquino de nossa época, e pelo Papa Bento XVI, do que vocês, ele em sua ultimas palavras falou do Vaticano II e o elogiou, e disse que o erro não estar nele mas na interpretação dele, João Paulo II se tu falas mau dele, em que sois melhor do que ele, no que em que autoridade em relação a ele, ele foi um santo na terra, lutou contra teologia da libertação, defendeu muitos pontos tradicionais, viveu e morreu pela fé, ele é o terror dos demônios e tirou muitos jovens das mãos do diabo.

A Divina misericórdia, é a devoção mais bíblica que se tem noticia, é evidente, que somos salvos por ela, e é evidente que é pelo oferecimento dos sofrimentos de Cristo na Cruz, na contemplação de sua paixão que somos levados aos céus, é evidente que uma oração não elimina a outra, assim como o terço não nos empeça de pratica a leitura dos 150 salmos, e nem orações do livro das indulgências nos separa do terço, mas sim todos eles são tantos remédios para nossa alma que Deus nos envia, não é porque tal pratica foi proibida e Depois permitida que torna ela sem valor, porque quase todos os santos foram perseguidos pela Igreja e silenciados, e nem por isto eles agora canonizados tem menos valor por isto, mas reconhece nisso a santificação deles e a prudência da Igreja.

Já vocês estão em um barco muito perigoso, da fomentação da divisão, da insubordinação, presunção e separados da comunhão da Igreja, que não a vocês mas sim a ela foi garantido a assistência do espirito santo nas questões da fé, prefiro errar com a Igreja no seu pastoreou, do que errar com leigos como se fazendo de magistério criando assim uma divisão, pois se estiveres errado seres julgado e condenado, mas se eu estiver errado por ouvir a Igreja e não ser republicano, e como a parábola que Jesus falou, serão os encarregados pela Igreja que serão condenados, enquanto os que são obrigados a obedecer não serão condenados pelos erros dos que foram confiados o oficio. No mais cuidado e muito cuidado, nestes 2 mil anos quem lutou contra a Igreja nunca venceu, mas aqueles que Deus enviou para ajudar a Igreja a se encontrar com ela sempre usou da humildade e da obediência como foi São Francisco entre outros, nunca iras achar um santo fazendo com a Igreja o que vos hoje faz, mas sempre se submeteram ao magistério dando os frutos do espirito santo. O terço da misericórdia os seus frutos podemos notar, os milagres e testemunhos que os conservam em Deus e no seu amor são vários, a praticar piedosa de observar e meditar na paixão e no amor de Deus é oque se evidencia nesta devoção. Se condenas as palavras ditas no terço da divina misericórdia, iras condenar tantas outras devoções, e terço bizantinos, e tantas outras que repetem as palavras aclamadas a Divina Misericórdia.

No mais veja este vídeo abaixo. O maior teólogo e melhor exemplo de um verdadeiro tradicional bento XVI falando sobre o Vaticano II em suas ultimas palavras como Papa, vocês deveriam ouvi-lo, já que se utilizam tanto dele, sejam coerentes com ele e aprendam com quem pode e tem muito a nos ensinar.
https://www.youtube.com/watch?v=903c5JziUhY

rodrigo consagrado servo cristao disse...

Vocês São todos loucos . Escrever tanta imbecilidaddes. Santa Faustina é santa da Misericórdia . E idiotas que ficam perdendo tempo ofendendo outros e a fé devem ser processados . Bando de filhos de demônios . Aonde ja se viu Denegri a imagem de um Santo como São João Paulo II . Vocês merecem cadeia Para aprende a respeitar a fé dos outros

Henrique disse...

Faustina é um típico caso de esquizofrenia. As pessoas seguem qualquer coisa. Triste é ver que os processos de canonização​ viraram um grande circo.