quinta-feira, 8 de abril de 2010

R.C.'C' UMA SEITA PROTESTANTE 'PENTECOSTAL' DENTRO DA IGREJA

4 comentários:

Renato disse...

Mais profetadas protestantes!

http://www.youtube.com/watch?v=vmGu0sVnKU8&playnext_from=TL&videos=LC-8lIGK9t4&feature=sub

Lázaro disse...

PIOR AINDA QUE TEM PESSOAS QUE ACREDITAM NESSES FALSOS PROFETAS...

UM CARA DESSE NÃO PODE FICA EM LIBERDADE, NO MINIMO DEVE IR PARA CADEIA, PARA DEIXA DE FALAR BABOSEIRA. (HAJA PACIENCIA COM ESSES HEREGES, E AINDA TEM GRUPINHOS 'CATÓLICOS' QUE GOSTAM DE COPIA-LOS)

Doug disse...

Louco, onde vc tirou essas conclusões, da mãe dina??

Antônio disse...

Afinal, Bento XVI é árvore que dá frutos bons ou maus?

Sob seu pontificado:

- Motu Proprio: SUMMORUM PONTIFICUM; Reconhecimento da Liturgia "de" São Pio V - A Missa de Sempre;

- anulação de excomunhão de bispos ordenados por D. Lefebvre;

- Reconhecimento pontifício de duas das maiores comunidades católicas co-irmãs na R.C.C.: Shalom (Fortaleza - CE) e Canção Nova (Cachoeira Paulista - SP);

Afinal, o Papa Bento XVI é árvore de bons ou maus frutos, paladino(s) da justiça divina?

PS: graças a Deus tenho a oportunidade de participar de celebrações da Santa Missa no Rito de São Pio V - o mais elevado Rito, de fato (não me diga que é o único, pois para acusar como acusa, você(s) leu(leram) a Bula Quo Primum Tempore e entende(m) o que quis dizer).
Contudo, desde quando essa é a Missa de Sempre? A Santa Ceia da Quinta-feira Santa não é a Única Santa Missa incruenta (com todas as outras Verdadeiras pelos séculos dos séculos) que é a mesma e Única Paixão cruenta de Nosso Único Salvador e Senhor, Jesus Cristo, Unigênito de Deus Pai e Filho da sempre Virgem Maria?

Todas têm a mesma substância e essência, mas são diferentes em seus "acidentes". Se, contudo, nada pode ser diferente no Rito, como é a mesma de sempre?

As formas "acidentais" da Missa dos Santos Apóstolos (idiomas, paramentos, alfaias, fórmulas, orações etc.) são as mesmas do Santo Príncipe Pio V?
Se ela é a Missa de Sempre, é pelas causas de sempre.
É claro que o Santíssimo Paráclito nos ensina(rá) todas as coisas (Jo 14,26), mas você(s) não percebem o fundamentalismo - não de São Pio V, mas - de você(s) em tamanhos ataques de ódio aos pecadores (e não a seus pecados)?
Talvez você(s) esteja(m) mais próximo(s) da vida eterna que os carismáticos e estes mais do que eu, contudo, não há como não me recordar de Mc 9, 38-41 e Mt 12, 22-32.

O mais interessante é que não conheço católicos mais avessos aos protestantes do que carismáticos e tradicionalistas. Ninguém se arroga mais a portar como insígnia, contra eles, a máxima "Extra Eclesiam Nulla Salus".

Não sou modernista, não sou moderado. Só percebo um irmão ancião castigando seu irmão menor, que só cresceria com seus ensinamentos fraternos e seculares - filhos da mesma Mãe e Mestra -, visto ter crescido de uma intransigente teimosia em não se apostatar numa nação onde só haviam (de fora do redil) cismáticos declarados e (dentro do redil) excomungados disfarçados de pastores de Cristo.

'Salvem-nos' Virgem Maria Santíssima, Santos Anjos e Apóstolos, São João Batista e a Misericórdia Divina.
Salve, Santa Mãe Igreja.