sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Todos inimigos da Igreja internos e externos Louvam o Conc. Vat. II

O Conselho Central de Judeus na Alemanha exige que o Vaticano renegue completamente a Fraternidade São Pio X, conforme esclareceu o Secretário Geral do Conselho Central, Stephan Kramer, ao Jornal ‘Handelsblatt’. Não se pode conduzir qualquer diálogo de parceria com uma Igreja da qual a Fraternidade faça parte: “O Papa precisa se decidir em que casamento ele quer dançar” – disse Kramer. Ou ele fica do lado da Igreja do Iluminismo com o Concilio Vaticano II ou com a Igreja do Tradicionalismo com a Fraternidade: “Com as duas é que não dá.”

Fonte:kreuz.net

Tradução Fratres in Unum

6 comentários:

Anônimo disse...

Eu quero saber o que tem a dizer o Falsitatis e outros sites bem mordenistas/

Renato

Gederson disse...

Lembro que muito recentemente houve um Sínodo dos Bispos na véspera do aniversário de falecimento de Pio XII. O tal Rabino aproveitou a oportunidade para falar mal de Pio XII e não houve nenhum escândalo. É realmente o monólogo entre a Sinagoga e a Igreja...

Abraço

Magdalia disse...

Até os judeus sabem!!!

O judeu foi bem claro: ou a igreja da Fraternidade (portanto a igreja católica) ou a igreja do iluminismo do Vaticano II (?????!!!!!!).

Não sabia que agora tínhamos uma igreja iluminista! Quem quer fazer parte dela?

Eu não, Deus me livre! Católica, apostólica e romana, bem longe do iluminismo do Vat II!

Rick disse...

Se pode esculhambar os cristãos no talmud, se pode criticar o Papa Pio XII e negar sua ajuda aos judeus, enquanto o dogma judeu do holocausto..não!

Magdalia disse...

É dogma de fé, Rick!

Aqui em Portugal, chamamos-lhe holoconto... rsrsrs

Anônimo disse...

Alemanha é uma Colônia Sionista!Precisa de outro Hitler para libertar o povo alemão das garras dos capitalistas judeus!