sábado, 31 de janeiro de 2009

A RCC e a Gula Espiritual

[...]

Sobre os carismas que a RCC diz-se ter, Adolph Tanquerey afirma: “os grandes místicos são unânimes em ensinar que não se devem nem desejar nem pedir estes favores extraordinários. É que, de fato, não são meios necessários para se chegar à união divina; e às vezes até, por causa das nossas tendências más, são antes obstáculo à união divina”.acesse
[...]

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Mais uma novidade, da R.C."C" : "Dom" das lágrimas!!!

Como já estão saturados dos mesmos "dons", agora criaram um novo "dom" para poder vender mais livros, e tirar da monotomia dos antigos "dons".

http://br.youtube.com/watch?v=rVfXBX1zKgo

É como São Paulo nos ensina:
Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si.
Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.

sábado, 24 de janeiro de 2009

GRAÇAS A DEUS!













Deo Gratias!

Quem é o excomungado?


Após vinte anos a justiça de Deus prevaleceu!

Glória a Deus por todas as conquistas que estamos obtendo: Motu Próprio, Pro Multis, “liberação” da Missa de Sempre, retirada da excomunhão sobre os 4 Bispos. E Obteremos muitas outras e outras vitórias.

E agora senhores: Rafael Vitola
(vitrola quebrada), Alessandro Lima (laranja lima podre), prof. Felipe de Aquino (traquino) e Dom Rifan (Judas Rifan), quem é o excomungado? Quem está em cisma?

Este bando de hipócritas, ridículos e que só sabem criticar aqueles que procuram seguir os ensinamentos que a Igreja sempre ensinou.
Enquanto fecham os olhos para a crise que o Concilio Vaticano II nos trouxe, ficam taxando e ridicularizado aqueles que procuram viver a verdadeira Fé Católica enquanto os destruidores de liturgia e os inovadores de doutrinas ficam passando a mão na cabeça.

Este pessoal é igual um pai que vê o filho praticando um ato ilícito e para não ofendê-lo não o repreende, deixando que seja flagelado pelo mal que pratica. Este pai se torna omisso e culpado ao mesmo tempo pelos erros e por não ter mostrado ao menos a verdade a este filho.
Assim são os neo-conservadores (rad. Vat. II).

Estamos agora presenciando modernistas desesperados, pois o Papa já assinou o fim das excomunhões. Correm agora pra dizer que eles não tinham do que reclamar e que sempre possuíam simpatia pela FSSPX.

MENTIRA!

Bando de hipócritas, falsificadores da fé, deturpadores de doutrina.

Roma reconheceu que nunca houve cisma.

Eles falam que a fraternidade não obedecia Roma, mas eles não obedecem ao Cardeal que disse:
"Eles estão na Igreja”
(Cal Castrillón Hoyos)


A situação não era de cisma, mas certa separação não respeitou a
previsível tendência cada vez mais evidente de Bento XVI.

Esta raça de víboras tem que ser cada vez mais denunciada, pois são
um mal para a Igreja e seus fiéis.

O que é mal dizem que é bom e o que é bom, dizem que é mal.

Estes não tem compromisso nenhum com a verdade
.

Depois de 20 anos sem mudarem em absolutamente nada a posicão dos 4 Bispos, quanto ao CVII e a Missa Nova as excomunhoes dos bispos da FSSPX são levantadas. Aí que dor de cabeça para estes modernistas!


É um sinal que o Papa Bento XVI está dando passos contra a reforma litúrgica, e possivelmente contra o modernismo.


Comemoremos este poderoso golpe do Papa Bento XVI contra o Concílio e contra os inimigos da Igreja!


terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Até as imagens dos Santos não escapam

Calendário da paróquia Santo Afonso Maria de Ligório, da cidade de Campinas/SPImagem de Santo Afonso Maria de Ligório, que demonstrar um aspecto sombrio e pavoroso. É interessante de se nota que tudo que é muito ligado a tradição é ridicularizado, amesquinhado, pois Santo Afonso Maria de Ligório encabeça o rol dos doutores da Igreja, um grande moralista e isso trás ódio a muitos liberais.

foto enviada por: André Luís


domingo, 11 de janeiro de 2009

Além de não usa batina, agora é chamado apenas de Fabio de Melo, esquecendo-se que é um padre.

O "civil" romântico e humanista Fabio de Melo, já que se recusa a ser sacerdote tanto na pratica como na teoria.






Este arquétipo de “padre”, em que só sabe falar de humanismo, romantismo e quanto ao evangelho sempre modernisticamente, que é fruto dos seminários que está embebido e empapado pela mentalidade neomodernista.


Aquele que é amado, cortejado, ufanado pelo mundo é sinal claro e evidente que o inferno não teme essa pessoa, prova disso são fatos históricos que demonstram como sacerdote que dizia a Verdade Católica o demônio mesmo confessou que não teria vez. (S. João Maria Vianney, S. Gusmão...).






segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

TV Canção Nova faz chacota com uma telespectadora

A senhora faz uma pergunta séria sobre moral, e é respondida com deboches, risos e chacotas.
Será que este é mais um “dom” diabólico da CN?