sábado, 1 de novembro de 2008

Magdi Allam na contra mão do dialogo Inter-religioso

Numa carta aberta a Bento XVI, o jornalista Magdi Allam criticou duramente o Islão e também alguns sectores da Igreja Católica, causando um potencial embaraço à Santa Sé.

Esta não é a primeira vez que Magdi Allam faz declarações deste teor.

Durante anos o jornalista nascido no Egipto utilizou as suas colunas de opinião para a religião da vasta maioria dos seus compatriotas e dos seus próprios pais e avós. A situação assumiu novos contornos, contudo, a partir do momento em que Magdi se converteu ao cristianismo, sendo baptizado na passada Páscoa.

O baptismo em si foi polémico, com muçulmanos a censurar o facto do próprio Bento XVI ter recebido o convertido na fé, durante a vigília pascal. Mas o pior estaria para vir, com o jornalista a aumentar as suas críticas que, com a sua recente conversão, receberam muito mais cobertura mediática.

Na altura, a Igreja viu-se obrigada a justificar-se, esclarecendo que a aceitação de um baptizado não implicava que a instituição se identificava com as suas opiniões pessoais.

Agora, nas vésperas do primeiro Fórum Católico-Muçulmano, que decorrerá entre os dias 4 e 6 de Novembro, Allam publicou uma carta aberta no seu site em que critica, entre outros, o Presidente do Conselho Pontifício para o Diálogo Inter-religioso, o Cardeal Tauran.

Numa conferência em Agosto passado, Tauran terá elogiado o Islão dizendo que era uma religião de paz, mas que “alguns muçulmanos têm traído a sua fé, usando-a como pretexto para a violência”.

“A realidade” escreve Allam na missiva dirigida ao Papa, “é o oposto daquilo que o Cardeal Tauran imagina. O extremismo islâmico e o terrorismo são o fruto maduro dos ditos do Alcorão e do pensamento e da acção de Maomé”.

O jornalista pede que o Papa para se pronunciar de forma clara e vinculativa sobre se o Islão é, ou não, uma religião válida, algo que dificilmente irá acontecer, numa altura em que o Vaticano se esforça por melhorar as relações com o mundo islâmico.

Fonte:www.rr.pt/




8 comentários:

Anônimo disse...

Mas tu também és contra o diálogo religioso e o Ecumenismo.Sim ou não?

Ou seja os Rad Trads Católicos e Muçulmanos são precisamente iguais.

ALEX disse...

SALVE MARIA!
SR. ANONIMO..ISTO DE DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO...JÁ NINGUÉM MAIS AGUENTA..JÁ SE FOI FALADO DEMAIS...TUDO É PAPO FURADO....O ECUMENISMO NÃO É ISSO....
ALEX

Anônimo disse...

Ah,quer dizer então que assumes que és contra o diálogo inter-religioso, tal como os islãmicos radicais.
Ou seja os Rad Trads são todos iguais, sejam islãmicos ou católicos, venha o diabo e escolha.
Percebo porque postaste esta notícia : concordas com o que diz o muçulmano.

Leandro disse...

Salve Maria

Padre Botros da Igreja Ortodoxa Copta está fazendo o que o Papa deveria fazer, desarticulando o Islão e convertendo milhares de muçulmanos ao Cristianismo, está inclusive com a cabeça a prêmio por isso! "Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim." (Mt 5,11) parece que os papéis na evangelização estão se invertendo, enquanto cismáticos da Igreja Ortodoxa fazem o trabalho correto, nós Católicos aceitamos outras religiões!

O que dirá Cristo sobre isso? "Ide e ENSINAI..."

Rezemos pelo Papa

Pax et bonum

Ana Maria disse...

A cada dia que passa, as coisas estão se complicando mais e mais.

Tempos difíceis!

losangele disse...

Até uma pessoa que acabou de se converter já percebe que membros da Igreja querem esconder , disfarçar e abrigar os inimigos de Cristo. Agora tem católicos que ainda tentar dispistar e fingir que não está vendo o que está acontecendo neste suposto ecunenismo. Só não vê estes graves erros quem não quer, está tudo aí na nossa frente! E tão claro.

ALEX disse...

ALVE MARIA!
SR. ANONIMO...CONTINUAS Á NÃO ENTENDER..MAS PACIÊNCIA JÁ ESTAMOS ACOSTUMADOS COM ISSO....UM DIÁLOGO NÃO SE FAZ PARA DIZER O QUE O SER HUMANO QUER ESCUTAR...E SIM PARA LHE DIZER QUE ESTÃO ERRADOS Á SÉCULOS...É MAIS FACIL PLANTAR UMA BANANA NO ALASKA..DO QUE UM HEREGE SE CONVERTER...
ALEX

Magdalia disse...

Ela não entende porque é herege mesmo. E das mais execráveis que já vi. Deus a perdoe.

A ela e a todos que, como ela, com as suas omissões e silêncios, contribuem para a auto-demolição da Igreja de Cristo. Ainda bem que não me aparecem bispos modernistas à frente. Acho que nem sei o que lhes fazia, se pudesse. A revolta, a indignação, são tantas que chega a um ponto que não dá mais para suportar...

Lutemos e rezemos!
Mater Ter Admirabilis, ora pro nobis.