quinta-feira, 6 de março de 2008

Grupo de música"carismático", quebra o sentido QUARESMAL




“Quem pode negar que a devoção à paixão de Jesus Cristo é a devoção mais útil, a mais tenra e a mais cara a Deus? Devoção que mais consola os pecadores e mais anima as pessoas que amam? De onde recebemos tantos bens, senão da paixão de Cristo? De onde temos a esperança de perdão, a força contra as tentações, a confiança de chegar ao paraíso? De onde vêm tantas luzes da verdade, tantos convites de amor, tantos estímulos para mudar de vida, tantos desejos de nos doar a Deus, senão da paixão de Cristo?” (Santo Afonso Maria de Ligório, A Prática do Amor a Jesus Cristo, capítulo I).


“Ele diz-nos que, sem o santo Batismo, ninguém entrará no Reino dos Céus (cf. Jo 3, 5); e noutro lugar, que se não fizermos penitência todos pereceremos (Lc 13, 3). Tudo se compreende facilmente. Desde que o homem pecou, todos os seus sentidos se rebelaram contra a razão; por conseguinte, se quisermos que a carne esteja submetida ao espírito e à razão, é necessário mortificá-la; se quisermos que o corpo não faça a guerra à alma, é preciso castigá-lo a ele e a todos os sentidos; se quisermos ir a Deus, é necessário mortificar a alma com todas as suas potências” (São João Maria Vianney, Sermões escolhidos, Quarta-Feira de Cinzas).



A quaresma é o periodo em que os fiéis a meditam piedosamente a Sagrada Paixão de Nosso Senhor,
não para ficar rebolando, pulando, como se nada estivesse acontecendo, e pior ainda com estas músicas sentimentalistas de origem protestantes.


Nem o periodo da quaresma, não querem mais respeitar!

Deus tenha misericordia destas almas, que estão cegas, cheias de ânsias em buscas de prazeres carnal (Shows, bailes), não contente em largar estes vícios mundanos procuram trazer para Igreja, na ânsia de sastifazerem seus prazeres, poís sabemos que o cristão não é para o prazer e sim para mortificação e penitência.

Diferente desses carismaticos o prefeito de Aparecida da bom exemplo.
Prefeito de Aparecida proíbe bailes na Quaresma

Nenhum comentário: