sábado, 8 de março de 2008

Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas.(2Tim. 4,4)

Abaixo, um texto herético do Monsenhor Jonas Abib, e logo após um cométario sobre este texto.

A nova vitalidade divina na Igreja

O Papa Leão XIII consagrou o século 20 ao Espírito Santo, mas, infelizmente, nós, Igreja, não estávamos prontos. Depois na tarde do outro dia, um grupode evangélicos pentecostais, em sua maioria negros, receberam o Pentecostes, e a partir daí começaram os Cenáculos. Houve falhas, mas os pentecostais sãolindos e santos. Isso não só gerou homens santos, como também retornaram o Pentecostes e os Cenáculos. Essa graça aconteceu, mas por quantos preconceitose por quantas lutas – até por parte de nós católicos – os pentecostais passaram. O Papa João XXIII mal tinha acabado o Concílio de 1965, e em 1966 já aconteceuo derramamento do Espírito Santo. E daí começaram a surgir grupos de oração nos finais de semana. A Renovação Carismática Católica é a efusão do Espírito;depois do Concílio, Deus viu que o “odre” estava novo e colocou o “vinho novo”, que é o Espírito Santo. A partir de Pentecostes a Igreja expressa a vitalidadedivina, que se manifesta com os dons dos carismas. E nós precisamos dessa vitalidade.


Seu irmão,

Monsenhor Jonas Abib.

http://www.cancaonova.com/portal/canais/pejonas/pejonas_msg_dia.php?id=16111

…….........................................................................................................................

Comentário de Teresinha do blog: http://emdefesadelefebvre.blogspot.com/


Um grupo de evangélicos pentecostais receberam o pentecostes...

Confesso que durante muito tempo pensei como muitos pensam, que o padre Jonas, agora monsenhor, era uma pessoa simples que tinha expressões muito infelizes por não saber exprimir-se melhor. Mas infelizmente não é isso! Abram os olhos relativamente à canção velha e a este novo monsenhor. Tudo o que diz é veneno para as almas. Tem claramente o intuito de criar uma nova igreja, uma igrejola qualquer que se assemelhe às heréticas seitas pentecostais. Ele pretende tudo para as almas menos levá-las ao conhecimento da fé divina e católica.

Então um grupo de hereges que cospem sacrilégios contra a gloriosa Mãe de Deus e contra a Igreja de Cristo recebeu o Pentecostes? Não. Receberam o espírito satânico, o espírito da mentira e da contradição que os leva a negar toda a doutrina ensinada por Nosso Senhor e a ensinar novas doutrinas, fruto da sua heresia bibliolátrica e do livre exame. E pensam que é o Espírito Santo! Pobres almas perdidas no seu próprio orgulho.. grave é, quando um suposto católico, indigno desse nome e da nobre vocação que devia servir e não serve, afirma categoricamente que eles, os hereges, receberam o Espírito Santo e a plenitude dos seus dons. E mais grave ainda! Que os verdadeiros católicos foram preconceituosos por não aceitar esta manifestação do Espírito Santo nos hereges! Deus nos livre dos lobos com pele de cordeiros!

Como esta alma está desorientada, deve ser de tanto enrolar a língua, rezemos por ele.

Mas monsenhor Jonas vai ainda mais longe. Os protestantes não só terão recebido o Espírito Santo em plenitude, como ainda são santos. Claro! Com tantos carismas, como não o ser? Monsenhor Jonas desconhece o que seja a graça santificante, os sete dons do Espírito Santo, os sacramentos católicos. Para monsenhor Jonas, o que realmente interessa são os sacramentos protestantes: o baptismo no espírito, a efusão no espírito, o repouso no espírito, o baile no espírito.

Os hereges protestantes são santos! Já não é necessário pertencer ao corpo místico de Cristo, à Santa Igreja Católica, para santificar-se e salvar-se!

Diz monsenhor Jonas que em 1966 começou o derramamento do espírito na Santa Igreja. Isto depois de já ter afirmado que este tal derramamento já se tinha dado nos pentecostais protestantes. Há coisas fantásticas não há! Então os católicos pediram uma ajudinha aos hereges protestantes para receber o Espírito Santo que foi unicamente dado à única e verdadeira Igreja de Cristo!

E conclui o mau senhor: a renovação carismática católica é a efusão do espírito. Nisto estamos absolutamente de acordo mau senhor. A revolução cismática caótica é, de facto, a efusão do espírito de Satanás nas almas envenenadas dos carisnóicos como o mau senhor.

O Espírito Santo, todavia, não habita em tais almas que, além de não estarem em graça de Deus pelas imoralidades de toda a espécie que praticam, ainda e sobretudo, vivem da heresia, alimentam-se da heresia e querem premeditada e propositadamente arrastar os católicos para a heresia.

Agora vou ser politicamente incorrecta e vou dizer o que não devia. Sacerdotes deste tipo dão-me náuseas. Náuseas não pela pessoa em si, por quem devemos rezar muito, mas enquanto sacerdote que não sabe honrar os compromissos que assumiu quando ordenado. Esta aberração não sabe rigorosamente nada de doutrina católica, antes pelo contrário. Todos os seus famigerados discursos estão cheios de protestantismo puro e duro.O que é que isto tem de novo? Nada.Infelizmente, é sempre a mesma coisa.
Rezar, rezar, rezar. Penitência, penitência, penitência! Dobrar os joelhos e pedir com fervor por estas pobres almas iludibriadas pelo inimigo.E pedir por nós também. Para que não caiamos na soberba. Condenar o erro sim, mas criticar por criticar não. Isso só fará mal às nossas almas e impede-nos de crescer na vida espiritual.

....................................................................................................................................................................

3Porque virá tempo em que os homens já não suportarão a sã doutrina da salvação. Levados pelas próprias paixões e pelo prurido de escutar novidades, ajustarão mestres para si. 4.Apartarão os ouvidos da verdade e se atirarão às fábulas. (2Tim 4. 3,4)

Um comentário:

drdenadaicgms disse...

Vcs Protestantes irão pagar todas as suas Blasfêmias no Fogo do Inferno!!!!