sábado, 13 de outubro de 2007

Ide e dialogai?


Algumas frases do cantor aclamado pela R.C.[C] e Canção Nova Walmir Alencar, na entrevista do lançamento do CD, com um pastor protestante Gerson Freire.

"aquilo que nos une é muito maior do que quanto ainda nos separa"

"um ministério cristão que dialogue com outras religiões e crenças"

"Dentro dessa nova proposta, o CD traz a participação de um dos grandes nomes da música “gospel”, pastor Gerson Freire, interpretando Brilhará"
Agora vamos analisar:
Se percorremos o ensino dos Padres, e do Magistério encontramos ensinos preciosos e radicalmente contrários ao chavão repetido pela turma do “oba-oba”.Vejamos se as doutrinas abaixo concordam com a opinião infeliz, emitido peor este cantor Walmir Alencar.
Vejamos o diz Santo Agostinho e Papa Leão XIII sobre Ecumenismo:
“Não pode haver nada de mais perigoso do que aqueles hereges os quais, enquanto percorrem toda a doutrina sem erros, com uma só palavra, como uma gota de veneno, infectam a pura e simples fé divina e depois a tradiçao apostólica” (Auctor Tractatus de Fide Orthodoxa contra Arianos, citado pelo papa Leão XIII, carta encíclica Satis Cognitum, 19).
“Essa foi exatamente a maneira de se comportar da Igreja, e isso, também, pelo juízo dos santos Padres, os quais sempre tiveram como excomungados todos os que se afastaram, ainda pouco, da doutrina proposta pelo magistério legítimo” (Papa Leão XIII, carta encíclica Satis Cognitum, 19).
“(...)Agostinho observa que podem pulular erros de toda espécie; e se alguém aderir ainda que a um só deles, por isso mesmo, separa-se da unidade católica. “Quem crê nestas coisas [as heresias indicadas ], por isso mesmo não se deve julgar ou dizer-se cristão católico. Pode haver e formarem-se também outras heresias que não são lembradas nesta nossa obra; se alguém aderir a alguma delas, não seria cristão católico.” (Papa Leão XIII - da Carta Satis Cognitum, 19).
“(...)Agostinho diz (Enarrationes in Psl. 54, 19): “em muitas coisas concordam comigo, e, numa poucas não; mas por causa daquelas coisas em que não estão de acordo comigo, para nada lhes aproveitam as muitas coisas nas quais concordam comigo.”E com razão; pois os que tiram da doutrina cristã o que lhes apraz, baseiam-se não na fé mas no seu próprio juízo,[...] obedecem mais a si mesmos do que a Deus. “Vós – dizia Agostinho – que nos evangelhos credes no que quereis e não credes no que não quereis, acreditais em vós mesmos antes do que no evangelho. (Liv XVII, Contra Faustum Manichaeum, 3) (Papa Leão XIII - da Carta Satis Cognitum, 21).
Ora, está bem claro, o ensino infalível e de sempre da Igreja.

E ainda:

A unidade só existe na verdade.

Não se respeitam os erros de outrem. Devem-se amar as pessoas e, por isso, condenar seus erros.
O amor do próximo manda condenar seus erros e ensinar o que ele ignora.

Os erros devem ser condenados, e jamais respeitados. Respeitar erros é ser cúmplice deles. A caridade manda corrigir e ensinar os que erram.

Veja as obras de misericórdia espirituais em um catecismo qualquer.

Lá encontrará que são obras de misericórdia espiritual: corrigir os que erram, e ensinar os que ignoram.
Este cantor afirma o absurdo de que se devem procurar mais os pontos de semelhança -- pontos comuns-- do que as diferenças.
Isso é pecado contra a caridade, e é um delírio.
Esse princípio ecumênico levaria à união até com os satanistas, pois eles tem um ponto comum conosco: crêem que há um só Deus, Lúcifer...
Veja que maravilha diria um ecumenista: Os satanistas são monoteístas!!!
Única diferença é que os satanistas adoram o diabo e não Deus Uno e Trino, o Pai, o Filho e o Espírito Santo.

Só pode haver unidade na verdade. Na heresia e no erro, não existe, e nem pode existir, unidade.
Caso se misture água limpa e água suja, crê que o resultado será água limpa?
O resultado será água suja.

Walmir Alencar fala sobre um ministério cristão que dialogue com outras religiões e crenças.

Por acaso Cristo deu ordem aos Apóstolos dizendo-lhes: "Ide e dialogai"?

Em que Evangelho se lê isso?
Cristo ordenou: "Ide e ensinai". Nunca disse "ide e dialogai".

2 comentários:

Anônimo disse...

Valuable info. Lucky me I found your site by accident, I bookmarked it.

Anônimo disse...

Ainda fico com as palavras do Walmir e do próprio Papa Bento 16 que diz no Decreto de Espiritualidade Ecumênica, que a Igreja atual não está desdizendo o que o outro papa disse nos primórdios: "Fora da Igreja não há salvação". Mas a Igreja atual INTERPRETA esse texto, a entender que, todos os não-católicos, nasceram ou ramificaram-se da Igreja Católica, por isso bebem da Salvação que jorra dela. Isso é atitude de AMOR, MISERICÓRDIA! O resto é atitude de fariseu cabeça-dura, que não entende e nunca vai entender o por quê de Jesus Cristo ter vindo à terra, ter fundado a Igreja e ter morrido pela humanidade.
Observação final: Acho incrível vocês criarem um "apostolado" do DESAMOR. Parabéns!