quinta-feira, 30 de agosto de 2007

R.C.[C] inicio na desobediência

O Papa Pio IX, por exemplo, em 1864, fez publicar um elenco dos principais erros do tempo, intitulado Silabo. Entre os tais erros estava o de se considerar "o protestantismo uma forma diversa da verdadeira religião cristã e de achar que nele se podia agradar a Deus, da mesma forma que na Igreja católica" (Dz 1718).

Em Roma no ano de 1928, quando o Papa Pio XI, em sua Encíclica Mortalium animos, reafirmava as razões pelas quais a Santa Sé não dava aos seus fiéis e ao clero a permissão de participar dos congressos e encontros de acatólicos:

"A reunião de cristãos só pode ser permitida se forem vista do retorno dos dissidentes à única e verdadeira Igreja de Cristo (isto é a Igreja de Roma), da qual, precisamente um dia, eles tiveram a infeliz idéia de se separar" (AAS 10/1/1928).

Em 1948, diante da crescente participação de católicos em encontros ecumênicos, o Santo Ofício, através de um documento, Cum compertum, chamou atenção para que fosse escrupulosamente observado o que estava prescrito no Código de Direito Canônico proibindo os católicos, sem uma especial autorização, de participar e, especialmente, de organizar encontros com não católicos para discutir temas de fé e de moral (AAS 15/06 e 10/7/1948).

Veja esta confissão da desobediencia: "Logo depois do batismo no espirito, nos recebemos uma grande ajuda dos nossos irmaos e irmas de outras denominacoes protestantes; dos quais ja vinham caminhando no espirito por muito tempo."Patti Mansfield".

Este Código de Direito Canônico (1917) estava em plena vigor no inicia da R.C. [C].

Os lideres carismático ensinam a obediência aos seus seguidores, tudo para pode enganar, e manter o carismático preso aos seus ensinamentos.

A falsa obediência só vale para o que eles querem, pois tem uma via on-line com Deus não precisa da Igreja, como os protestantes pensam.

A palavra anunciada por intermédio dos anjos era a tal ponto válida, que toda transgressão ou desobediência recebeu o justo castigo. (Hebreus 2,2)

A rebelião é tão culpável quanto a superstição; a desobediência é como o pecado de idolatria. Pois que rejeitaste a palavra do Senhor, também ele te rejeita e te despoja da realeza! (I Samuel 15,23)

Nenhum comentário: