domingo, 22 de abril de 2007

Vídeo sacrílegio


Vejam isso:

Cantor protestante -Joao Alexandre- cede entrevista a Cancao Nova apos show:http://www.cancaonova.com/portal/canais/especial/rincao/videos.php
Ainda a pouco ouvimos os "carismáticos" repetindo o slogan modernista, que diz para "concentrar naquilo que nos une e esquecer(ignorar) aquilo que nos separa. Mas pelo visto até as diferenças já viraram "riquesas"(sic)."
As diferencas(entre catolicos e protestantes) nao sao barreiras, sao riquesas." "Diacono Nelsinho Correa"
Isso sem falar em outras inúmeras passagens reportadas por este sacrílegio vídeo, como por exemplo: "Ninguém é dono da verdade".Confiram o vídeo e pasmem caros amigos....KYRIE
ELEISON, CHRISTE ELEISON!

msg postada no orkut por - Inácio

sexta-feira, 20 de abril de 2007

Troca de papéis

A evidência está nos fatos. Palavras para quê?






O pastor Basílio e seus fiéis na tribo terena (abaixo) e o quadro A Primeira Missa no Brasil (acima): troca de papéis .
Reforma na selva

Missionários evangélicos já são maioria no trabalho de catequização de índios no país .
Marcelo Bortoloti, de Sidrolândia
A imagem de silvícolas em volta de um padre, no altar, como no quadro A Primeira Missa no Brasil, de Victor Meirelles, é coisa do passado. A cena é outra na maioria das tribos indígenas do país. Índios com a Bíblia sob o braço, e não mais braços nus. Aderiram ao figurino protestante, com trajes mais conservadores. Não raramente, entoam cânticos de louvação ao Senhor. Os índios brasileiros estão se tornando evangélicos. O trabalho de catequese há décadas deixou de ser uma exclusividade da Igreja Católica, que perdeu terreno nessa área. Pastores evangélicos tomaram seu lugar e hoje operam um vigoroso esforço de conversão em massa. Já superaram os católicos no número de missionários e contam com uma estrutura logística completa, que inclui aviões e lingüistas contratados para traduzir a Bíblia aos nativos. Existem 222 tribos no país. Os católicos estão em apenas 107 delas. Protestantes de denominações como Batista, Adventista, Quadrangular e Assembléia de Deus, por exemplo, já estão presentes em 153. Seu objetivo é claro: chegar a cada etnia "não alcançada" por Jesus, fincar uma igreja e conduzi-la pelo que consideram o caminho da salvação.
Na década de 70, a Igreja Católica decidiu mudar sua posição histórica em relação à catequese indígena. Em 1972, criou o Conselho Indigenista Missionário (Cimi), para gerir a relação com os índios, e passou a pregar que a cultura nativa deveria ser preservada, inclusive em suas crenças. Foi um flanco aberto para que os missionários evangélicos avançassem em peso por entre as aldeias mais remotas do país. No Censo de 2000, 20% dos índios brasileiros se declararam evangélicos. Em 1991, eles eram 13%. O porcentual dos que se professam católicos caiu de 64% para 59% no mesmo período. Hoje, os padres fazem apenas um trabalho laico, de orientação política e assistência social.
Um exemplo da força da catequese evangélica é a tribo terena, que possui nove aldeias na cidade de Sidrolândia, em Mato Grosso do Sul, a 70 quilômetros de Campo Grande. É uma das primeiras tribos brasileiras catequizadas por evangélicos, que iniciaram os contatos na década de 40. Hoje, 75% dos terenas se declaram "crentes". Os cultos acontecem quatro vezes por semana. Eles têm uma rádio FM evangélica e até uma banda gospel, a Kosseanu Ituko'ovit (em português, Misericórdia de Deus). Também ali se repete a prática da cobrança do dízimo. "Se eu vendo dez frangos, um deve ser para a igreja", explica o índio Benício Jorge. Os índios se orgulham de ter-se distanciado do seu ritual sagrado, a pajelança. Acreditam que, somente depois da Bíblia, o desenvolvimento chegou às aldeias, que hoje têm luz elétrica e água encanada. Seus usos e costumes também cederam às diretrizes pentecostais. "É indecente as mulheres usarem vestido curto ou short. O cabelo delas também deve ser comprido. Está tudo escrito na Bíblia", professa o índio pastor Basílio Jorge, 57 anos. Ele deixou de beber aos 20 anos para se converter. E hoje ministra cultos e sessões de exorcismo.
A Fundação Nacional do Índio (Funai) não incentiva a entrada dos evangélicos nas aldeias – ao contrário. Mas os próprios índios aceitam e defendem a presença do pastor. Os protestantes se utilizam de um expediente não explorado pelos católicos: deixam a cargo dos nativos o trabalho de cuidar de suas igrejas e arrebanhar novos fiéis. Existem no mínimo quatro escolas evangélicas de formação indígena, que ordenam uma média de vinte pastores por ano no país.
Há pelo menos 650 missionários evangélicos atuando na catequização. O número é maior que o de católicos do Cimi, que somam 420. A dinâmica evangélica difere da prática jesuítica em outro aspecto importante: para eles, traduzir a Bíblia é uma prioridade. Nada menos que 34 povos já ganharam o livro sagrado em seu idioma e existem outros 54 projetos em andamento. É um trabalho que leva em média vinte anos e custa cerca de 600.000 reais por tradução. O dinheiro, segundo eles, vem de doações de fiéis. Sua estrutura logística também salta aos olhos. Para levar os pastores a cada canto do país, os evangélicos contam com a ONG Asas de Socorro, que tem onze aviões, sendo três hidroaviões que não necessitam nem de pista de pouso. Com uma engrenagem assim, não há pajé que resista.
Claramente, pode-se vê os frutos do Concílio Vaticano II.
A evidência está nos fatos. Palavras para quê?

Padres em exercício:1965 - 58.000 2002 - 45.000
Ordenações:1965 - 1.575 2002 - 450
Paróquias sem padre:1965 - 549 (cerca de 1%)2002 - 2.928 (cerca de 15%)
Seminaristas:1965 - 49.000 2002 - 4.700
Freiras:1965 - 180.000 2002 - 75.000
Frades:1965 - 12.000 2002 - 5.700
Jesuítas:1965 - 5.277 2002 - 3.172
Franciscanos:1965 - 2.534 2002 - 1.492
Christian Brothers: 1965 - 2.434 2002 - 959
Redentoristas:1965 - 1.148 2002 - 349
Colégios Católicos:1965 - 1.566 2002 - 786
Estudantes de Colégios Católicos:1965 - 700.000 2002 - 386.000
Escolas Paroquiais:1965 - 10.504 2002 - 6.623
Estudantes de Escolas Paroquiais:1965 - 4,5 milhões 2002 - 1,9 milhões
Baptismo de Crianças:1965 - 1,3 milhões 2002 - 1 milhão
Baptismos de Adultos (conversões):1965 - 126.000 2002 - 80.000
Casamentos Católicos:1965 - 352.000 2002 - 256.000
Anulamentos:1965 - 338 2002 - 50.000
Presença Regular à Missa - estudo no.1:1958 - 74% dos Católicos (pesquisa Gallup)1994 - 26.6% (estudo da Notre Dame)
Presença Regular à Missa - estudo da Fordham University:1965 - 65% dos Católicos 2000 - 25%Vários
(fonte: National Catholic Reporter)
77% acreditam que os Católicos não precisam de assistir à Missa aos Domingos
65% acreditam que os Católicos se possam divorciar e casar novamente
53% acreditam que os Católicos possam fazer abortos
10% acreditam no ensinamento da Igreja com relação ao controlo de natalidade (fonte: pesquisa da Notre Dame)
70% acreditam que a Eucaristia seja uma "lembrança simbólica" de Nosso Senhor (pesquisa da New York Times)
Nota: O Concílio Ecuménico Vaticano II decorreu de 1962 a 1965.

msg enviada por Pricila Clara

Há protestantes dentro da Canção Nova!!!


Agora não falta mais nada..

Há protestantes dentro da Canção Nova!!!

http://www.cancaonova.com/cnova/ministerio/temp/inf_txt.php?id=352
Está cada vez mais difícial para a Canção Nova esconder sua protestantização!É horrível vermos estas situações e ficar quieto!

E a Canção Nova se diz 100% Católica.O que será que eles acham do dogma, Fora da Igreja Católica não há salvação, será que eles se preocupam, em converter os ditos "evangélicos"?

Seria bom se alguém perguntasse para eles o que diz o Credo de Santo Atanásio.

"Quem quiser salvar-se deve antes de tudo professar a fé Católica".

Será que ele confirmaria que fora da Igreja Católica ninguém pode se salvar, e ficaria "mal" com os "evangélicos", ou negaria o que o Santo diz para ficar "bem" diante dos convidados!?

Eles parecem ignorar totalmente o que a Igreja diz, o que é uma pena, ao invés de levar os "evangélicos" para os evangelizar, os levam para a Cançao Nova para cantar e ensinar.

No site
Há cinco anos (...) trabalha como presbítero e viaja pelo Brasil pregando o Evangelho (...)Traduzindo:



- há cinco anos que esse herege denigre a Virgem Maria, dizendo que Ela teve outros filhos além do Senhor;

- há cinco anos que esse herege calunia o Santo Padre, o Papa, dizendo que ele é a besta do Apocalipse;

- há cinco anos que esse herege nos acusa de cometermos idolatria;

- há cinco anos que esse herege usa de mentiras para acabar com catolicismo no Brasil.

É este o verdadeiro espírito 'ecumênico' pregado pelos carismáticos, sejam eles católicos ou protestantes...É isso que eles buscam: apenas o que lhes é comum... pra que se importar com o que os separa???

Se um evangélico está tão infiltrado lá, então isso significa que eles passam a mensagem do tanto-faz em matéria de religião....

Depois disso, não espero mais nada do vale do Pe. Jonas.

Salve Maria.

Lazaro Laert de Santana

Santos, 20 de abril de 2007

quarta-feira, 18 de abril de 2007

Conhecendo a R.C."C".

Alguns links para aprender uma pouco sobre este movimento que esta aflingindo a Igreja.


http://guardeafe.blogspot.com/2006/11/depoisa-renovao-carismtica-heresia-no.html


http://www.montfort.org.br/index.php?secao=cartas&subsecao=rcc&lang=bra


http://www.capela.org.br/Crise/carismatico.htm


http://www.capela.org.br/Crise/carismatico2.pdf

http://www.fsspx-brasil.com.br/page%2005-6d-rcc-ssnn.htm


http://www.fsspx-brasil.com.br/page%2005-6d-rcc-testemunha.htm

As mulheres estejam caladas nas assembléias


As mulheres estejam caladas nas assembleias!

Instruções de São Paulo
"Como em todas as igrejas dos santos, as mulheres estejam caladas nas assembleias: não lhes é permitido falar, mas devem estar submissas, como também ordena a lei. Se querem aprender alguma coisa, perguntem-na em casa aos seus maridos, porque é inconveniente para uma mulher falar na assembléia. Porventura foi dentre vós que saiu a palavra de Deus? Ou veio ela tão-somente para vós? Se alguém se julga profeta ou agraciado com dons espirituais, reconheça que as coisas que vos escrevo são um mandamento do Senhor." (1Cor 14:34-37).

Vejamos o que diz o do Doutor Angelical São Tomas de Aquino, na Suma Teológica (volume VII) sobre graça da palavras:

Deve-se dizer que a graça recebida de Deus pode ser diversamente administrada, segundo a diversidade de condições de quem a possui. Por isso, as mulheres que receberam a graça de sabedoria e ciência podem fazer uso delas para o ensino privado, mas não para o ensino publico.

Hoje em varios lugares, observamos mulheres pregando nas assembleias, negando a instrucao de Sao Paulo, e do Doutor Angelical São Tomas de Aquino. Quem devemos obedecer as instrucoes dos modernista ou da Igreja.

A proibição da mulher pregar em uma assembléia já faz parte da tradição da Igreja.Esta pregação de mulheres dentro da Igreja se iniciou no meio protestante, aonde as mulheres tem liberdade para pregar, desobedecendo às instruções de São Paulo.
Mas agora com esta moda de imitar as seitas protestantes, os grupo da R.C”C” em nome desse falso ecumenismo começou a desobedecer a Deus pra agradar os homens.Esta desobediência existe em alguns grupos dentro da Igreja, desobedecendo a tradição bi-milenar da Igreja.
E ainda São Paulo exorta no final!
Se alguém se julga profeta ou agraciado com dons espirituais, reconheça que as coisas que vos escrevo são um mandamento do Senhor." (1Cor 14:34-37)
Qual o melhor, seguir as instruções de São Paulo e do Santo Doutor da Igreja São Tomas de Aquino ou dos protestantes!
Lazaro Laert de Santana
Santos, 18 de abril de 2007

terça-feira, 17 de abril de 2007

CRISTOTECA

Balada dentro de Igreja em Hortolândia/SP





Balada dentro de Igreja em Hortolândia/SP
Balada dentro de Igreja em Hortolândia/SP


Balada dentro de Igreja em Hortolândia/SP




Em si o próprio nome já é sacrílegio. 
A cristoteca é um baile pseudocristão que tenta unir o profano e o sagrado com o propósito de "louvar" a Deus.
As pessoas já perderam a noção do que e certo e errado, levado pela vontade de sastifazerem seu ego, ou de querer agradar as pessoas, acabam manchando o nome que se refere a Jesus “Cristo”, não só manchando como blasfemando.
Como as coisas mudaram!
Antes protegiam as coisas sagradas com o uso do latim.
Os Judeus pelo grande respeito que tinha ao nome que se refere a Deus pronunciavam apenas consoantes.
O que vale agora e se sastifazerem a qualquer custo, ate mesmo blasfemando ao nome que se refere a Deus.
Eu já fui convidado para este evento (cristoteca), que ocorria algumas vezes na cidade aonde morava, promovido pela comunidade Aliança de Misericórdia da R.C. “C”.

Perguntei para algumas pessoas que também foram convidas a ir a este evento, se elas gostariam que eu a chamasse de Marciateca, Robertoteca, Joseteca.
Responderam-me que não.

Ai eu falei se você não gostaria que eu chamasse vocês desse nome quanto mais Jesus Cristo o nosso Deus.
Misturando o nome que se refere a Jesus “Cristo”, com as coisas profanas.
Quando colocamos apelido em alguém, começarmos a perder o respeito por esta pessoa, e se colocam apelido no nome que se refere a Jesus, também estas pessoas perdem o respeito por nosso Deus.
Mas blasfêmia, que este pessoal chamam nosso CRISTO (Cristo Drink´s, Cristolanche) e também no bairro do Brás em São Paulo tem Missa com luz negra e dançar tecno, promovido pela mesma comunidade.


Isso realmente e uma Hipocrisia somada a uma falsa espiritualidade.
São cegos conduzindo cegos para o abismo.

"Não ameis o mundo nem as coisas do mundo. Se alguém ama o mundo, não está nele o amor do Pai. Porque tudo o que há no mundo – a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida – não procede do Pai, mas do mundo. O mundo passa com as suas concupiscências, mas quem cumpre a vontade de DEUS permanece eternamente”.(1 Jo. 2 15-17).

Lembremos das palavras da Bem Aventura Jacinta, vidente de Fátima, “VIRÃO UMAS MODAS QUE OFENDERÃO MUITO A CRISTO NOSSO SENHOR” ·As pessoas já perderam a Luz da Razão, isto deve ter fim, porque Nosso Senhor já foi bastante ofendido.Mediatrix Nostra Potentíssima, Ora pro nobis.
Lazaro Laert de Santana
Santos, 24 de abril de 2007