sexta-feira, 16 de fevereiro de 2007

Testemunho 5

Testemunho
Sandro
MG,
28 anos
O que me leva a escrever esta carta é apenas contar rapidamente a minha história.Meu nome é Sandro e tenho 28 anos. Eu era chefe de uma torcida uniformizada e sempre levava violência aos estádios de futebol. Um dia quebrei o braço em uma briga contra a torcida adversária, fui internado e operado. Nesta situação conheci a Renovação Carismática Católica e me converti a única e verdadeira Igreja de Jesus Cristo.Comecei a participar ativamente do movimento RCC, sendo presença constante em grupos de orações, pregações, encontros e demais atividades. Em minha cidade, ninguém acreditou. Até hoje tem gente que diz que eu, de marginal, virei crente . A própria polícia deu graças a Deus pela minha mudança e depois de minha conversão eles nunca mais tiveram problemas após os jogos.Ocorre que, mesmo tocado e transformado, sempre teve algo que me incomodou na Renovação de minha cidade, e que continua me incomodando até os dias de hoje: a incrível facilidade que seus membros tem de marcar encontros, reuniões, pregações e demais atividades nos mesmos horários das Missas. Eu, no início quase completamente ignorante na fé católica, sempre achei aquilo meio esquisito. Já havia aprendido que a Eucaristia é o que temos de mais importante. A chamada casa de formação onde estas atividades extras-paroquiais acontecem está localizada a cerca de 100 metros da igreja matriz No começo eu não questionava muito. Via as obras que eram e continuam sendo realizadas em minha cidade pela RCC e me conformava .Porém, todos lá sabiam que eu sempre chegava atrasado aos encontros porque ia a Missa antes. Mesmo de forma meio ignorante, eu dizia para eles que achava que todos deviam ir a Missa primeiro.Comecei a me apaixonar pela Igreja. Para mim, participar de uma procissão, meramente devocional ou litúrgica, era um grande orgulho. Aprendi com o padre que a procissão servia para a exteriorização da fé . Nunca mais esqueci esta expressão. Eu simplesmente queria gritar para o mundo que eu era Católico, que Jesus tinha mudado a minha vida. Quando ganhei um livro chamado Católicos perguntam , li sobre os passos dos judeus pelo deserto com a Arca da Aliança a frente, rumo a terra prometida. Li também como Josué deu sete voltas por fora de Jericó, e após tocar as trombetas, os muros caíram. Eu sempre me senti um guerreiro de Josué durante as procissões, sabendo que quando as trombetas soarem no final dos tempos todos os muros cairão, sobrando somente a glória de Cristo e de sua Igreja triunfante.Estas analogias me fizeram chorar por diversas vezes enquanto caminhava atrás dos andores de São Benedito, de São Sebastião ou de São José. Que dirá de Nossa Senhora!Em minha ignorância, agora não tão ignorante, eu percebia que o povo da Renovação não participava das procissões (e continua não participando). Comecei a questionar muito isto. E comecei a perceber também que em nenhuma das atividades da paróquia os carismáticos estavam presentes. Nem procissão, nem via-sacra, nem adoração ao Santíssimo Sacramento. Não posso ser injusto, na Missa de Domingo todos vão. Mas eu achava que esta participação era ínfima, ou seja, pessoas consagradas comungarem uma única vez na semana. Na minha visão, aquilo era muito pouco.Participei por alguns anos consecutivos de encontros para pregadores da RCC. Neles, apesar de muitas verdades serem ditas, como a carência e a sede que o povo se encontra de Deus, também me incomodava a recomendação de que apenas Jesus deveria ser pregado em nossos grupos.Preguem Jesus morto e ressuscitado , diziam eles, e eles serão levados pelo Espírito Santo . Eu pensava comigo: se eu pegar o microfone um dia, prego Jesus na hóstia sagrada, e digo que se tiverem que escolher entre um grupo de oração e a Missa que acontecem no mesmo horário, deveriam escolher a Missa .Professor, nesta época eu NUNCA havia ouvido falar em Renovação do Sacrifício do Calvário .Sempre gostei de ler e para mim a Bíblia e o Catecismo da Igreja Católica viraram companheiros inseparáveis. Fui me aprofundando e começando a entender melhor as coisas.Conheci o site www.veritatis.com.br e achei que tinha encontrado o paraíso na terra. Quanto informação! Ele me ajudou a crescer e a partir daí eu já questionava abertamente os líderes do movimento em que eu ainda participava. As respostas não me convenciam, porque eram algo como: a Renovação foi suscitada para levar Jesus e o Espírito Santo . Eu argumentava: Ora, isto é muito bonito, leve Jesus e o Espírito Santo, mas leve também Cristo Eucarístico. Levar este Jesus é pregação protestante. O Jesus Católico é corpo, sangue, alma e divindade, e quem separa a alma e a divindade do corpo e do sangue é anátema . Nunca concordaram comigo, mas também nunca me deram argumentos para justificar que uma comunidade católica consagrada pudesse viver tão a margem da Eucaristia e da Igreja. O que eles insistentemente utilizam como argumento é a passagem onde diz que cada membro tem uma função no corpo, escrita por São Paulo. A mão não pode ser o pé , fui obrigado a ouvir por di versas vezes. Como se pregar Jesus Eucarístico fosse uma deformação aos princípios da RCC .Um belo dia, por misericórdia de Deus, acabei conhecendo o site www.montfort.org.br. A partir daí minha vida realmente começou a mudar, e para melhor, muito melhor. Comecei a ler sistematicamente os artigos e muitas coisas ainda nebulosas passaram a fazer sentido. Um tal professor Orlando Fedeli, que a princípio achei meio zangado , foi o instrumento usado por Deus para que eu de fato começasse a crescer na fé. Quantas e quantas horas, noites, madrugadas e finais de semanas lendo seus inúmeros textos. Marcos Libório Fernandes também me ajudou muito.No princípio as críticas a RCC me incomodavam. Mas percebi que o professor Fedeli era muito sincero e simplesmente dava sua opinião, baseando-se em inúmeros documentos. Quando li que o professor Felipe Aquino, que eu admiro muito, recusou um convite para conversar pessoalmente com o professor Fedeli, então entendi muita coisa. Nem sempre o silêncio é sinal de sabedoria e muitas vezes quem cala, consente.Hoje, caro Fedeli, creio que os grupos de orações não são maus, mas devem acontecer após as Missas, dentro da igreja, e de forma adequada ao que prega o catecismo. Porque é bonito católicos se unirem em oração, cantando belos hinos e recitando salmos. Porém, Missas-shows e comunidades carismáticas paralelas não passam de protestantismo penetrando lentamente no catolicismo.Uma prova desta afirmação é um fato ocorrido comigo, em uma das últimas vezes em que entrei na comunidade carismática de minha cidade. Lá existe um grupo de recuperação de alcoólatras e drogados, que eu ajudava a coordenar. Tal grupo inicia seus encontros as 19h30. Eu sempre fui a Missa antes de ir ao grupo, e um dia sugeri aos presentes: vamos todos a Missa antes, e posteriormente iniciamos o nosso encontro. Como dependentes químicos, o melhor remédio para vocês e que irá curá-los é a hóstia sagrada . Todos os iniciantes concordaram, porém os mais velhos disseram que tal mudança atrapalharia o grupo, que teria que começar mais tarde, as 20h00min. Eu disse que não, que na verdade iria começar mais cedo, as 19h00min, e que a participação na Missa seria a primeira etapa dos encontros. Uma das pessoas, que graças a Deus está limpo das drogas a um ano e seis meses me disse: olha, Sandro, eu acho que nós temos todos os dias da semana para irmos na Missa. As sextas -feiras são as nossas reuniões. E depois, tem outra, quem mudou a minha vida foi a Renovação Carismática, e não a Igreja Católica . Tive misericórdia daquele recuperante e lhe perguntei quanto tempo ele estava freqüentando aquela comunidade. No fundo, sabia que a culpa não era dele. A culpa é da coordenação, que não leva as pessoas a Eucaristia, e sim ao batismo no Espirito Santo , a sentir Jesus queimando no coração e a tantas outras experiências místicas que geram conversões de no máximo dois anos, ou que fazem da Renovação porta de entrada para as garagens protestantes.Outra prova de que comunidades carismáticas paralelas não passam de protestantismo penetrando lentamente no catolicismo se deu no último dia 12 de outubro de 2003, dia de Nossa Senhora, mãe de Deus e da Igreja. Este para mim é um dia muito especial, e acredito que para os católicos verdadeiros também. Neste dia acontece em minha cidade a mais longa caminhada do ano, cuja trajeto é de seis quilômetros. Posteriormente é celebrada a Missa. Pois bem, em dia tão importante o grupo de jovens da RCC realizou uma gincana.Cerca de 150 pessoas entre 12 e 18 anos participaram. O evento aconteceu em uma fazenda, com vários jogos e atividades que duraram o dia inteiro, terminando por volta das 18h00min. A procissão começa as 16h00min e a Missa por volta das 18h30min. Em outras palavras, quem participa da gincana, não tem condições de participar das atividades da paróquia. O fato da gincana ter acontecido nesta data verdadeiramente me revoltou. Procurei um dos principais coordena dores do movimento e falei-lhe sobre o meu descontentamento: você acha certo retirar 150 jovens no dia de Nossa Senhora e levá-los para o meio do mato para jogar peteca? , questionei. Ele respondeu algo do tipo: ah, eles não iriam a procissão mesmo . Eu contra-argumentei: pode até ser que estes jovens não fossem, mas vocês precisariam ir. E depois, como eles vão se não forem convidados? Vocês dizem para 150 jovens que em um dia de Nossa Senhora não é preciso participar das atividades da Igreja, e tudo bem. Eles virarão adultos que certamente não iram participar de procissões, das Missas e das demais atividades litúrgicas, porque aprenderam que esta participação não é necessária. Serão 150 pessoas a menos na Igreja de amanhã, e certamente elas irão para outras garagens .Professor Fedeli, quem são mesmos que realizam atividades paralelas a Santa Igreja no dia de Nossa Senhora?Talvez existam comunidades carismáticas bem orientadas, cujos fiéis participem ativamente da Missa e das atividades paroquiais, e preguem Jesus inteiro, sem deformações. Mas estas eu não conheço.Ao invés de sair descendo o pau na Renovação de minha cidade, participei por mais uma vez de uma reunião com a chamada equipe de serviço . Em uma quarta-feira, levantei-me e diante de 200 pessoas disse que aquela comunidade precisava ter uma vida Eucarística mais ativa. Que precisávamos pregar Jesus na hóstia sagrada. Que era preciso falar de Nossa Senhora e que ali ninguém comparecia as atividades paroquiais. Nas minhas palavras, muitos dos textos extraídos da Montfort.De lá para cá, tenho procurado sistematicamente nossos párocos para tentar trazer aquele povo para a Igreja. Engraçado, eles agora me dizem que foi graças a Renovação que eu me converti. Eu respondo que realmente isto é verdade, mas que quando eu entrei na Igreja eu não encontrei a Renovação lá dentro. Este movimento para mim assemelhou-se a um pai que leva seu filho a Missa e que o deixa a porta, sem entrar, sob o pretexto que está lá fora indo e voltando buscando mais filhos perdidos. Porém, não percebe que nestas andanças, gasta muito combustível e consegue trazer meia dúzia de gatos pingados. Se entrasse na Igreja, com seu testemunho e participação, atrairia muito mais pessoas.Pois bem, professor, esta é a minha breve história, da qual o senhor faz parte, e que ainda não acabou. Só Deus sabe como vai terminar.De certeza na vida só tenho uma: Jesus Cristo é o Senhor e presente está na Eucaristia, que quando levantada pela Igreja tem o poder de atrair tudo a si. E que esta Igreja tem como mãe Nossa Senhora, Maria Santíssima!Professor, aceito toda e qualquer crítica e correção fraterna a minha carta. Entre os muitos sonhos que eu tenho na minha vida, um deles é conhecer o senhor pessoalmente. Nem que seja por um breve minuto. Se isto não for possível nesta vida, espero encontrá-lo na eternidade.Um abraço mais do que fraterno.In corde Iesu et Mariae (que eu nem sei o que significa, mas acho que é no coração de Jesus e Maria).

6 comentários:

Anônimo disse...

Olá.

Descobri esta página sem querer. Fiquei contente com a sua história! Que bom que se converteu!

Eu também me converti graças a ajuda da Montfort e, lógico, com a ajuda de Nossa Senhora! Antes disso, minha vida foi bem complicada, eu quase me suicidei(isto um pouco antes de me converter) mas, graças à Deus, eu conheci a Verdade também!

Fico feliz que existam histórias como a sua e que, no final, tudo tenha dado certo!

Fique sempre com Deus. Tchau.


PS: Me desculpe por não por meu nome, é que não é seguro se expor na internet, espero que entenda.

Anônimo disse...

Ah, sim... esqueci de dizer: parabéns pela coragem!

Tchau.

Lazaro Laert disse...

Salve Maria

Que bom que você se converteu.
Precisamos de Católicos que amam verdadeiramente a Santa Igreja Católica, a qual Nosso Senhor Jesus Cristo deixou para nos ensinar o caminho da Salvação.

Nesta pagina você poderá encontra outros site e blogs, que também indico.

Se quiser envia-me a sua história de sua conversão você poderá enviar para este email lazaro.laert@hotmail.com ; que publicarei neste blog para ajudar na conversão de muitas pessoas que vivem iludidas, com muitos falsos profetas que estão espalhado por aír.

Que a Imaculada Virgem Maria lhe proteja, e toda a sua familia.

Anônimo disse...

Mensagem enviada ao Sr. Karol Wojtyla (João Paulo II), segunda-feira, 21 de março de 2005 13:47, quando estava vivo e ao Sr. Joseph Ratzinger (Bento XVI) e o clero em geral..., sexta-feira, 29 de abril de 2005 12:34
Ao Sr. Karol Wojtyla (João Paulo II)
Para: joao_paulo@vatican.va
Sr. Joseph Ratzinger(Bento XVI) Para: bentoxvi@vatican.va e o clero em geral...
Que Deus vos dispense a sua graça e infinitas misericórdias.
É com todo o amor e respeito que rogo a vossa preciosa atenção.
Fui católico apostólico romano, praticante, até os meus 19 anos de idade. Atuei na igreja como coroinha, e desejava, ardentemente, ingressar em um Seminário Teológico Católico Romano a fim de ser ordenado Padre.
Foi quando, em 1980, ouvi sobre a salvação e a perdição eterna da alma. Examinei as Escrituras – Edições Paulinas - verificando, minuciosamente, sobre o assunto.
Sempre cri que a Palavra de Deus (a Bíblia) é o único documento inspirado que Deus deixou para o homem, narrando desde a criação até as coisas que em breve devem acontecer (algumas já estão acontecendo), e o fim deste mundo.
Aprendi, com o próprio Deus, pela sua Santa e Eterna Palavra, a amar, verdadeiramente o meu próximo, a ponto de procurar ajudá-lo, não só materialmente, mas, principalmente, no que concerne às coisas espirituais.
Desejo trazer à luz o que as Sagradas Escrituras nos adverte sobre alguns assuntos...
A sabedoria terrena e bens que possuímos só servem para serem utilizados nesta terra. Deus não necessita de doutores, engenheiros, advogados, dentistas, empresários, etc. Só entra no céu quem desejar ser servo e filho de Deus. E, quem está no inferno, não poderá utilizar os seus dotes no fogo eterno. Todas as patentes que o homem possui, aqui na terra, ficarão... Não trouxemos nada para este mundo, e sairemos como viemos: Nus.
Muitos dos que não quiseram acreditar nas Santas Letras, agora estão acreditando. Já passaram para a eternidade... sentindo no próprio espírito que o fogo eterno existe mesmo. Estão arrependidos, mas não há mais oportunidades.
Segundo as Palavras do Mestre, Jesus Cristo: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.”
Vede que não há outro caminho... Nem a agraciada e escolhida, criteriosamente, por Deus para que o Seu Filho Unigênito, Jesus Cristo, descesse do céu para ser gerado, em carne, no seu ventre, na sua virgindade, pelo Espírito Santo, nem igreja alguma, nem religiões, credos, outro homem ou mulher, dogmas ou qualquer outro tipo de crença ou objeto de religião ou não podem fazer alguma coisa para salvar a alma do pecador (Romanos 3:23). O Único que fez foi o Senhor Jesus Cristo com a sua morte na cruz. O Único caminho determinado por Deus para a salvação (livramento da condenação eterna do fogo do inferno) é o Senhor Jesus Cristo. Só a Ele deve-se dar graças, glórias e louvores.
Lucas, “o médico amado”, por inspiração do Espírito Santo (toda Escritura é divinamente inspirada – II Timóteo 3:16 e 17), deixou registrado “tudo quanto Jesus começou a fazer e ensinar, até dia que foi levado para cima...” No livro de Atos dos apóstolos, escrito por Lucas, nós encontramos as palavras que Pedro, inspirado pelo Espírito Santo, dirigiu às autoridades e ao povo, dizendo: “E em nenhum outro há salvação; porque debaixo do céu NENHUM OUTRO NOME há, dado entre os homens em que devamos ser salvos.” Atos 4:12. Só, e unicamente no Senhor Jesus Cristo há salvação. Atos 4:10.
O próprio apóstolo Pedro indica, pelo Espírito Santo, que o Senhor Jesus Cristo é a Pedra Angular. Atos 4:11
Maria, que foi mãe de Jesus como homem (Jesus, como Deus, já existia antes de Maria nascer. Deus sempre foi Pai, Filho e Espírito Santo. O Filho sempre foi Jesus Cristo.) testemunhou com as suas próprias palavras, e inspirada pelo Espírito Santo, que foi SALVA (ninguém pode ser salvo se não estiver em apuros ou perdido) por Deus e que é, apenas, uma serva de Deus (Lucas 1:47 e 48).
Maria, com certeza, sempre foi obediente, em tudo, aos mandamentos de Deus, mesmo sendo uma pecadora: Errava, como todo pecador erra: Não teve bastante fé para crê imediatamente nas palavras do anjo – teve dúvidas (Lucas 1:34). “... TUDO o que não provém da fé é pecado.” Romanos 14:23. Jesus repreendeu a Maria: “E, tendo acabado o vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Eles não têm vinho. Respondeu-lhes Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? Ainda não é chegada a minha hora. Disse então sua mãe aos serventes: Fazei tudo quanto ele vos disser.” João 2:3 a 5. Observem que a própria Maria orientou a que fizessem TUDO QUANTO ELE (JESUS) DISSESSE (E não o que ela dissesse).
Os discípulos avisaram ao Senhor Jesus que a sua mãe estava a procura dele (com certeza Ele já sabia) para falar-lhe: “Disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, e procuram falar contigo. Ele, porém, respondeu ao que lhe falava: Quem é minha mãe? e quem são meus irmãos? E, estendendo a mão para os seus discípulos disse: Eis aqui minha mãe e meus irmãos. Pois qualquer que fizer a vontade de meu Pai que está nos céus, esse é meu irmão, irmã e mãe.” Mateus 12:47 a 50.
Como cumpridora dos mandamentos de Deus, Maria, também, atendia ao que está registrado no livro do Êxodo, no capítulo 20 e versículos 3 a 5 que diz: “Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem esculpida, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra. Não te encurvarás diante delas, nem as servirás; porque eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.”; em Deuteronômio 4:15 a 19: “Guardai, pois, com diligência as vossas almas, porque não vistes forma alguma no dia em que o Senhor vosso Deus, em Horebe, falou convosco do meio do fogo; para que não vos corrompais, fazendo para vós alguma imagem esculpida, na forma de qualquer figura, SEMELHANÇA DE HOMEM OU DE MULHER; ou semelhança de qualquer animal que há na terra, ou de qualquer ave que voa pelo céu; ou semelhança de qualquer animal que se arrasta sobre a terra, ou de qualquer peixe que há nas águas debaixo da terra; e para que não suceda que, levantando os olhos para o céu, e vendo o sol, a lua e as estrelas, todo esse exército do céu, sejais levados a vos inclinardes perante eles, prestando culto a essas coisas que o Senhor vosso Deus repartiu a todos os povos debaixo de todo o céu.”
Na verdade, Maria foi muito pouco citada na Bíblia. Talvez para que não se fizesse o que estão fazendo com relação a Ela: Idolatrando-a.
Uma foto familiar (de pai, mãe, tio, etc.) não tem motivos religiosos-espirituais. As imagens religiosas feitas (mesmo se não for para adoração/veneração) para fins religiosos-espirituais. Mesmo assim fazem Maria com várias fisionomias diferentes. Quais delas será a Maria que está no céu. Não há relato bíblico que Maria tenha posado para ser esculpida. Não havia máquinas fotográficas naquele tempo. Não existe nenhuma Verônica que enxugou o rosto de Jesus e ficou a sua fisionomia em um pano. Essa estória não existe em Bíblia alguma... Enfim, Deus ordenou conforme os textos descritos anteriormente para NÃO FAZER IMAGENS. Quem as faz, tem e/ou adora está desobedecendo (pecando) contra o 2º Mandamento (dos 10) da lei de Deus.
As coisas concernentes a Deus não têm destinações para lembranças familiares, mas religiosidade e crença espiritual.
A serpente que foi levantada no deserto não era uma imagem esculpida, não foi adorada nem reverenciada, não ficou definitivamente em um altar... Mas, por pouco tempo, foi utilizada como uma figura do Cristo que iria ser levantado no madeiro. Leiam: “E como Moisés levantou a serpente no deserto, assim importa que o Filho do homem seja levantado; para que todo aquele que nele crê tenha a vida eterna. Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” João 3:14 a 16.
O povo havia pecado contra Deus. Então, Deus, mandou entre o povo serpentes abrasadoras, que o mordiam; e morreu muita gente em Israel. Assim, disse o Senhor a Moisés: “Faze uma serpente de bronze, e põe-na sobre uma haste; e será que todo mordido que olhar para ela viverá. ”Vede que Deus não mandou ninguém reverenciar/ adorar ou ter a serpente em um altar. Eles não deveriam fazer súplicas à serpente, nem apresentar rezas ou orações, mas, tão somente, SE ALGUÉM FOSSE MORDIDO, DEVERIA, APENAS, OLHAR PARA A SERPENTE, e seria curado. Números 21:1 a 9.
Em Bíblia alguma existem rezas (Ave Maria, credo, etc.) mas, unicamente, a oração do Pai Nosso (Se fosse para alguém rezar para Maria, não seria “Pai Nosso”, mas “Mãe Nossa”). Mesmo assim os apóstolos não repetiram o “Pai Nosso” em lugar algum. Isso porque a oração do “Pai Nosso” é apenas um modelo, dado pelo Senhor Jesus Cristo, de como devemos falar diretamente com Deus (A oração do “Pai Nosso” começa dirigida diretamente ao “Pai” – Deus) e o Senhor Jesus Cristo ensinou no versículo anterior que NÃO DEVERIA SER REPETIDA: “E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos. Não vos assemelheis, pois, a eles; porque vosso Pai sabe o que vos é necessário, antes de vós lho pedirdes. Portanto, orai vós deste modo: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; venha o teu reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu; o pão nosso de cada dia nos dá hoje; e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós também temos perdoado aos nossos devedores; e não nos deixes entrar em tentação; mas livra-nos do mal. Porque teu é o reino e o poder, e a glória, para sempre, Amém. Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; se, porém, não perdoardes aos homens, tampouco vosso Pai perdoará vossas ofensas.” Mateus 6:7 a 15.
Se Maria soubesse que estão fazendo imagens (com diversas fisionomias e nomes) afirmando serem ela, com certeza, como uma cumpridora fiel dos mandamentos de Deus, não aprovaria.
Maria não pode ouvir todas as súplicas, de todos os fiéis católicos romanos, de todo o mundo, ao mesmo tempo. Se pudesse, ela teria de ser ONISCIENTE. O Único onisciente é Deus. Só Deus tem esse atributo. E Maria não é Deusa.
Maria não é “Mãe de Deus”. Se fosse, Deus seria Mãe, Pai, Filho e Espírito Santo. Deus seria quatrino, e não trino. É lógico que para alguém ser “Mãe de Deus” teria de ser Deusa. Deus não tem princípio nem fim – é de eternidade à eternidade. Maria nasceu, e não existia antes. Era tão limitada como qualquer ser humano. Por exemplo, não sabia onde o seu filho estava: “Quando Jesus completou doze anos, subiram eles segundo o costume da festa; e, terminados aqueles dias, ao regressarem, ficou o menino Jesus em Jerusalém sem o saberem seus pais; julgando, porém, que estivesse entre os companheiros de viagem, andaram caminho de um dia, e o procuravam entre os parentes e conhecidos; e não o achando, voltaram a Jerusalém em busca dele. E aconteceu que, passados três dias, o acharam no templo, sentado no meio dos doutores, ouvindo-os, e interrogando-os.” Lucas 2:42 a 46.
Maria não tem poder para fazer milagres. Não pôde sequer transformar a água em vinho. Não curou e não ressuscitou ninguém. Se Maria nunca fez milagres, como imagens que dizem ser dela podem efetuar milagres?
Maria foi mãe de Jesus, como homem, enquanto estava na terra. No céu não existem parentescos (Mateus 22:30); todos são irmãos e há um só Pai, que é Deus.
Maria, salva por Deus e serva de Deus (Lucas 1:46 a 48), NÃO É MEDIANEIRA. “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Cristo Jesus, homem,” I Timóteo 2:5.
O homem não pode ser salvo (livre da condenação eterna do fogo do inferno – Isaías 66:24; Mateus 18:8 e 9; Marcos 9:43,44,46 e 48; Lucas 3:16 e 17; Apocalipse 14:10; Apocalipse 19:20; Apocalipse 20:14 e 15; Apocalipse 21:8; etc.) por obras (“Porque pela graça sois salvos, por meio da fé, e isto não vem de vós, é dom de Deus; não vem das obras, para que ninguém se glorie.” Efésios 2:8 e 9; “não em virtude de [obras de justiça] que nós houvéssemos feito, mas segundo a sua misericórdia, nos salvou mediante o lavar da regeneração e renovação pelo Espírito Santo,” Tito 3:5), por religiões, por igrejas, etc., mas, unicamente, pelo SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO, que foi derramado na cruz por TODOS OS PECADOS DE CADA PECADOR (I João 1:7; Efésios 1:5 a 7; Apocalipse 1:5; etc.). O Senhor Jesus Cristo já pagou TODOS os nossos pecados com o seu SANGUE porque não os podemos pagar, nenhum sequer. Morreu na cruz porque quis, por amor, para nos dar uma grande oportunidade de ao o recebermos como Único Salvador, termos a certeza absoluta de morarmos, para sempre, com Ele no céu.
Lembrai-vos do ladrão que arrependeu-se, na cruz, ao lado da cruz que o Senhor Jesus Cristo estava sendo crucificado: “Então disse: Jesus, lembra-te de mim, quando entrares no teu reino. Respondeu-lhe Jesus: Em verdade te digo que hoje estarás comigo no paraíso”. Lucas 23:42 e 43. Vede que o Senhor Jesus respondeu: “...hoje estarás comigo no PARAÍSO”. Jesus não falou “PURGATÓRIO”, mas “PARAÍSO”.
O Senhor Jesus Cristo provou que se não quisesse ter morrido, não o teria. Ao terceiro dia da sua morte, triunfante, Ele ressuscitou (saiu do túmulo), em CARNE E OSSOS (Lucas 24:39); o túmulo ficou vazio. Não podemos representá-lO numa cruz, não podemos representá-lO sepultado... Ele não está mais em uma cruz, e também não está em um túmulo. O Senhor Jesus Cristo VIVE!
Um dia (em breve) o Senhor Jesus Cristo voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como Único Caminho, Única Verdade e Única Vida Eterna. (João 14:1 a 6; Romanos 10:9 e 10).
Todos os homens precisam arrepender-se, verdadeiramente, dos seus pecados e confessar-se apenas àquele que pagou o preço (com o seu sangue) por todos os nossos pecados; que nunca teve pecado (O verdadeiro Santo de Deus): Jesus Cristo. I João 1:5 a 10 e 2:1 e 2.
O Único Representante do Senhor Jesus Cristo, aqui na terra, é o Espírito Santo: “Se me amardes, guardareis os meus mandamentos. E eu rogarei ao Pai, e ele vos dará outro Ajudador, para que fique convosco para sempre. A saber, o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós. Não vos deixarei órfãos; voltarei a vós. Ainda um pouco, e o mundo não me verá mais; mas vós me vereis, porque eu vivo, e vós vivereis. Naquele dia conhecereis que estou em meu Pai, e vós em mim, e eu em vós. Aquele que tem os meus mandamentos e os guarda, esse é o que me ama; e aquele que me ama será amado de meu Pai, e eu o amarei, e me manifestarei a ele. Perguntou-lhe Judas (não o Iscariotes): O que houve, Senhor, que te hás de manifestar a nós, e não ao mundo? Respondeu-lhe Jesus: Se alguém me amar, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos a ele, e faremos nele morada. Quem não me ama, não guarda as minhas palavras; ora, a palavra que estais ouvindo não é minha, mas do Pai que me enviou. Estas coisas vos tenho falado, estando ainda convosco. Mas o Ajudador, o Espírito Santo a quem o Pai enviará em meu nome, esse vos ensinará todas as coisas, e vos fará lembrar de tudo quanto eu vos tenho dito. Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; eu não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize. Ouvistes que eu vos disse: Vou, e voltarei a vós. Se me amásseis, alegrar-vos-íeis de que eu vá para o Pai; porque o Pai é maior do que eu. Eu vo-lo disse agora, antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós creiais. Já não falarei muito convosco, porque vem o príncipe deste mundo, e ele nada tem em mim; mas, assim como o Pai me ordenou, assim mesmo faço, para que o mundo saiba que eu amo o Pai. Levantai-vos, vamo-nos daqui.” João 14:15 a 31
Não foi só o apóstolo Pedro que recebeu a autoridade de ligar e desligar no céu e na terra. Os outros apóstolos também receberam, como igreja, e não individualmente (“Se recusar ouvi-los, dize-o à igreja; e, se também recusar ouvir a igreja, considera-o como gentio e publicano. Em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu; e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu. Ainda vos digo mais: Se dois de vós na terra concordarem acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos céus. Pois onde se acham dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18:17 a 20).
A primeira igreja que o Senhor Jesus Cristo estabeleceu foi com os apóstolos (I Coríntios 12:28 – Lucas 6:12 a 16).
O Senhor Jesus Cristo falou aos apóstolos, como igreja, que estaria com eles “TODOS OS DIAS ATÉ A CONSUMAÇÃO DOS SÉCULOS” (Mateus 28:16 a 20). Os apóstolos morreram, mas a igreja do Senhor Jesus Cristo perpetuou-se.
Por tudo isso, e muito mais, advirto aos senhores que arrependam-se dos seus pecados e recebam a salvação da vossa alma, gratuitamente, só no Senhor Jesus Cristo.
Com toda a sinceridade, amor e esperança.
NIVALDO RODRIGUES
nivaldosalvo@yahoo.com.br

NIVALDOSALVO disse...

I João 1:
7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.

Só o sangue do Senhor Jesus Cristo pode purificar o pecador, VERDADEIRAMENTE arrependido, de todo o pecado (I João 1:7). O mesmo Jesus ressuscitou, EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte, e voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como ÚNICO CAMINHO, ÚNICA VERDADE, ÚNICA VIDA ETERNA (João 14:6).

Sou SALVO PARA SEMPRE unicamente PELO SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS (JESUS CRISTO). Tenho a certeza ABSOLUTA que sou SALVO APENAS PELA GRAÇA DE DEUS e VOU (COM CERTEZA) MORAR NO CÉU!

Se alguém quiser acreditar ou não, não mudará o fato da EXISTÊNCIA DO INFERNO ETERNO DE FOGO. A Bíblia está cheia de textos que falam sobre o inferno eterno de fogo. Muitos que não criam, estão crendo tarde demais. Não seja um dos tais que apostaram nos “eus achos” e em doutrinas diabólicas e se arrependeram tarde demais.

Deus não leva em conta os "conhecimentos" e "habilidades" terrenas, nem trata o homem de acordo com os bens que possui, mas EXIGE que TODOS, EM TODO LUGAR, SE ARREPENDAM (Atos 17:30).

Lucas 12:15
E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.
Cada um deve reconhecer que é um pecador perdido (Romanos 3:23) e, por isto, arrepender-se dos seus pecados; crê que o Senhor Jesus Cristo pagou todos os pecados de cada um de nós com o sangue dEle (I João 1:7) porque não podemos, de forma alguma, pagar um só pecado; crê que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e converter-se a Ele; não a uma religião, mas ao Senhor Jesus Cristo, recebendo-o como Único e Todo-Suficiente Salvador (João 14:6).

Fique, agora, a sós com Deus... Não exija nada dEle; pois, quem somos para exigirmos algo de Deus? Com toda humildade no seu coração ESVAZIE-SE DE TUDO O QUE APRENDEU... Sinta que você é (o que todo homem é): PÓ! Diga a Deus que você não merece nem falar com Ele, quanto mais OUVIR A SUA VOZ. Agora, arrependido por ser mais um PECADOR (como todos o são), peça MISERICÓRDIA A DEUS e CREIA QUE o SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO É o ÚNICO PAGAMENTO POR TODOS OS TEUS PECADOS (I JOÃO 1:7). Não precisas ouvir som algum, mas necessitas sentir, em teu coração, que Deus está pronto a te ouvir! Creia, sem dúvida alguma, que o Senhor Jesus Cristo RESSUSCITOU EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39)... Romanos 10:9 e 10.

Esvazie-se deste mundo e de tudo o que te prende (amarra) a ele e sinta a sua inutilidade para salvar a sua alma... Creia, no seu coração, que JESUS CRISTO é o ÚNICO (João 14:6) que PODE, PELA SUA INFINITA GRAÇA, AMOR e MISERICÓRDIAS, SALVAR A TUA POBRE E PERDIDA ALMA, AGORA!

Ore assim, não como uma reza, com coração sincero e arrependido, a Deus: Senhor Deus, eu sou um pecador perdido e por isso não posso fazer nada para pagar os meus pecados. Foi por isto que o teu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz: Para pagar todos os meus pecados com o sangue que derramou. Mesmo sem ter visto, pela fé, creio que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos; está vivo no céu. Agora, eu abro o meu coração e te peço: Entre, agora, Senhor Jesus, no meu coração, perdoa todos os meus pecados, como perdoaste o ladrão que morreu na cruz ao teu lado; purifica-me com o teu sangue; livre-me da condenação eterna do fogo do inferno e dê-me, agora mesmo, o teu Espírito Santo para morar no meu coração para eu ter a certeza, agora, de morar no teu céu. Eu te recebo, agora, Senhor Jesus Cristo, como meu Único e TODO-SUFICIENTE Salvador e Senhor. Ó Deus! Eu te imploro, em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém!

NIVALDOSALVO disse...

I João 1:
7 mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus seu Filho nos purifica de todo pecado.

Só o sangue do Senhor Jesus Cristo pode purificar o pecador, VERDADEIRAMENTE arrependido, de todo o pecado (I João 1:7). O mesmo Jesus ressuscitou, EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte, e voltará para arrebatar todo aquele que o recebeu como ÚNICO CAMINHO, ÚNICA VERDADE, ÚNICA VIDA ETERNA (João 14:6).

Sou SALVO PARA SEMPRE unicamente PELO SANGUE DO CORDEIRO DE DEUS (JESUS CRISTO). Tenho a certeza ABSOLUTA que sou SALVO APENAS PELA GRAÇA DE DEUS e VOU (COM CERTEZA) MORAR NO CÉU!

Se alguém quiser acreditar ou não, não mudará o fato da EXISTÊNCIA DO INFERNO ETERNO DE FOGO. A Bíblia está cheia de textos que falam sobre o inferno eterno de fogo. Muitos que não criam, estão crendo tarde demais. Não seja um dos tais que apostaram nos “eus achos” e em doutrinas diabólicas e se arrependeram tarde demais.

Deus não leva em conta os "conhecimentos" e "habilidades" terrenas, nem trata o homem de acordo com os bens que possui, mas EXIGE que TODOS, EM TODO LUGAR, SE ARREPENDAM (Atos 17:30).

Lucas 12:15
E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.
Cada um deve reconhecer que é um pecador perdido (Romanos 3:23) e, por isto, arrepender-se dos seus pecados; crê que o Senhor Jesus Cristo pagou todos os pecados de cada um de nós com o sangue dEle (I João 1:7) porque não podemos, de forma alguma, pagar um só pecado; crê que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, em carne e ossos (Lucas 24:39), ao terceiro dia da sua morte e converter-se a Ele; não a uma religião, mas ao Senhor Jesus Cristo, recebendo-o como Único e Todo-Suficiente Salvador (João 14:6).

Fique, agora, a sós com Deus... Não exija nada dEle; pois, quem somos para exigirmos algo de Deus? Com toda humildade no seu coração ESVAZIE-SE DE TUDO O QUE APRENDEU... Sinta que você é (o que todo homem é): PÓ! Diga a Deus que você não merece nem falar com Ele, quanto mais OUVIR A SUA VOZ. Agora, arrependido por ser mais um PECADOR (como todos o são), peça MISERICÓRDIA A DEUS e CREIA QUE o SANGUE DO SENHOR JESUS CRISTO É o ÚNICO PAGAMENTO POR TODOS OS TEUS PECADOS (I JOÃO 1:7). Não precisas ouvir som algum, mas necessitas sentir, em teu coração, que Deus está pronto a te ouvir! Creia, sem dúvida alguma, que o Senhor Jesus Cristo RESSUSCITOU EM CARNE E OSSOS (Lucas 24:39)... Romanos 10:9 e 10.

Esvazie-se deste mundo e de tudo o que te prende (amarra) a ele e sinta a sua inutilidade para salvar a sua alma... Creia, no seu coração, que JESUS CRISTO é o ÚNICO (João 14:6) que PODE, PELA SUA INFINITA GRAÇA, AMOR e MISERICÓRDIAS, SALVAR A TUA POBRE E PERDIDA ALMA, AGORA!

Ore assim, não como uma reza, com coração sincero e arrependido, a Deus: Senhor Deus, eu sou um pecador perdido e por isso não posso fazer nada para pagar os meus pecados. Foi por isto que o teu Filho, Jesus Cristo, morreu na cruz: Para pagar todos os meus pecados com o sangue que derramou. Mesmo sem ter visto, pela fé, creio que o Senhor Jesus Cristo ressuscitou, ao terceiro dia da sua morte, em carne e ossos; está vivo no céu. Agora, eu abro o meu coração e te peço: Entre, agora, Senhor Jesus, no meu coração, perdoa todos os meus pecados, como perdoaste o ladrão que morreu na cruz ao teu lado; purifica-me com o teu sangue; livre-me da condenação eterna do fogo do inferno e dê-me, agora mesmo, o teu Espírito Santo para morar no meu coração para eu ter a certeza, agora, de morar no teu céu. Eu te recebo, agora, Senhor Jesus Cristo, como meu Único e TODO-SUFICIENTE Salvador e Senhor. Ó Deus! Eu te imploro, em nome do Senhor Jesus Cristo. Amém!